morauto_export Moto-Center-Bike_aprovado lages_jasc_blog_700x100px
camaralages_export
Participe pelo nosso WhatsApp

(49) 9 9119-9209

Hora local

Polícia militar alerta mulheres sobre a importância de reconhecer os sinais da doença e buscar orientação médica imediatamente.

palestra---outubro-rosaA Casa de Pedra do 6º Batalhão de Polícia Militar foi o local onde mais de 60 mulheres puderam saber um pouco mais sobre câncer de mama, os tipos tratamentos, a importância do diagnóstico precoce e conhecer histórias de superação. A atividade desta sexta-feira (19) foi promovida pela PM numa parceria com a Clínica de Saúde dos Policiais Militares (Clinipom), Associação dos Bombeiros e Policias Militares (Abepom), 5º Batalhão de Bombeiros Militar e Animi.Especialista em oncologia, a médica Maitê Vassen Schürmann falou sobre o assunto para policiais e bombeiras militares, familiares e outras participantes. O convite à reflexão começou quando apresentou números reais do Hospital Tereza Ramos. “Cerca de 50% dos pacientes que chegam à instituição estão com a doença em estágio avançado e difícil de reverter. Além disso, 30% dos casos em fase inicial podem evoluir para metástase”.Para não integrar essa triste estatística, Maitê fez algumas orientações importantes. A primeira delas é ter uma vida saudável. “Se alimentar adequadamente, praticar atividades físicas e manter o peso ideal é o tripé para reduzir em 28% as chances de ter câncer”.  Realizar com frequência o autoexame também é uma indicação da especialista.Em casos de histórico da doença na família ela indica fazer o rastreamento com a realização de exames mesmo sem ter qualquer tipo de sintoma. Maitê alerta para incidência da doença em homens. “Para cada 100 mulheres com câncer existe um caso em pessoa do sexo masculino”.Mesmo com tantas campanhas de conscientização é preciso lembrar que a doença é a segunda que mais mata mulheres no Brasil. No topo da lista está o câncer de pulmão. “Temos que incentivar todo tipo de cuidado. Nosso batalhão é sempre parceiro em ações como esta”, reforça o comandante da PM tenente-coronel Alfredo Nogueira.

sorteio-de-birndesHistória de superação
Viviane Assink de Souza tem 32 anos, é casada com o policial militar Willian Albanaz de Lima, tem um filho, está construindo sua casa e terminando uma graduação. Há pouco tempo descobriu um câncer no seio. O nódulo tinha pouco mais de três centímetros quando encontrou com o autoexame. Vinte dias depois fazia quimioterapia e hoje está praticamente curada.“Não dá para esperar. Qualquer alteração percebida, busque um médico. A medicina está muito avançada e se descoberto cedo o câncer não tem chance. Também é importante não desaminar, não se abater e tudo dará certo”, fala em seu depoimento de superação.

Outras atividades
Com a ajuda de parceiros foi possível oferecer para ao público aferição de pressão arterial, limpeza de pele, sorteio de brindes e café.Voluntárias das Casas de Apoio Colibri e Maria Tereza falaram das atividades nesses espaços de acolhimento a pacientes e acompanhantes.

Texto e fotos: Catarinas Comunicação 

WhatsApp-Image-2017-10-20-at-192235O registro fotográfico foi do nosso colega Agessander Belezinha, que flagrou três cachorros educados dando lição de como atravessar na faixa de pedestre com segurança.
Vejam um atrás do outro no cruzamento da Avenida Marechal Floriano, com rua 7 de setembro.

WhatsApp-Image-2017-10-20-at-192242

WhatsApp-Image-2017-10-20-at-154842A deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) está entre os melhores do Parlamento brasileiro em 2017, de acordo com a avaliação do portal Congresso Em Foco. A atuação da parlamentar em defesa da saúde pública recebeu o reconhecimento dos jurados do Prêmio Congresso Em Foco. A cerimônia de premiação aconteceu na noite de quinta-feira (19), em Brasília.Carmen foi eleita pelo júri como um dos cinco parlamentares que mais trabalharam pela seguridade social. A vice-líder do PPS, destacou que o reconhecimento servirá de estímulo para intensificar ainda mais sua atuação numa das áreas mais sensíveis entre as políticas públicas brasileiras. “Este prêmio significa um cuidado redobrado com as causas sociais. Renova as nossas esperanças, renova a nossa vontade de lutar cada vez mais pela população na área da saúde e na seguridade social”, afirmou.A parlamentar destaca, ainda, que o reconhecimento serve de combustível para continuar em defesa do povo brasileiro. “Dedico este prêmio à minha cidade, Lages, ao povo catarinense e à sociedade brasileira”, ressaltou.Integraram o júri o advogado e consultor empresarial Guilherme Cunha; a auditora de controle externo e ativista de movimentos sociais Lucieni Pereira da Silva; o analista político Antônio Augusto de Queiroz, que acompanha as atividades do Congresso para o movimento sindical; o cientista político e professor da Universidade de Brasília Ricardo Caldas; e o jornalista Sylvio Costa, fundador do Congresso em Foco.A deputada Carmen Zanotto ainda está entre os 150 deputados mais influentes do Congresso segundo o Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (DIAP).

O edital foi lançado pelo Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA) para o desenvolvimento de ações propositivas na área de compostagem de resíduos orgânicos

Prefeitura-inscreve-projeto-de-mini-compostagem-em-edital-nacional-4Na manhã desta quinta-feira (20 de outubro), o prefeito Antonio Ceron assinou o projeto de desenvolvimento de ações propositivas na área de compostagem de resíduos sólidos, que prevê recursos de R$ 500 mil a R$ 1 milhão, repassados pela Caixa Econômica Federal (CEF), caso seja aprovado junto ao Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA).O projeto de mini compostagem, proposto pelo Executivo lageano, foi elaborado pelo engenheiro agrônomo e professor do Centro de Ciências Agroveterinárias da Universidade do Estado de Santa Catarina (CAV/Udesc), Germano Güttler, em parceria com a diretora de Meio Ambiente, da prefeitura de Lages, Sílvia Oliveira.Segundo o professor Germano, a execução do projeto inscrito neste edital prevê a contratação de 20 estagiários para atuarem na divulgação da mini compostagem junto à população. Ele disse que como professor e pesquisador é muito gratificante a prefeitura adotar esta ideia como um projeto de governo.Sílvia Oliveira explica que a mini compostagem já vem sendo desenvolvida em Lages desde 2013 e que a partir de 2017 passou a ser executada através da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente como um projeto ecológico e educacional. Já o secretário do Meio Ambiente, Euclides Mecabô (Tchá Tchá), destaca os benefícios diretos ao meio ambiente gerados pela mini compostagem do lixo orgânico. “Com isso se ganha em qualidade de vida, diminuindo o impacto ambiental, pois em uma cidade como Lages é possível reduzir até 40% o espaço utilizado no Aterro Sanitário. Economiza-se, portanto, com recursos públicos investidos na coleta do lixo”, fala Tchá Tchá. “Acredito na aprovação do projeto junto ao Fundo Nacional do Meio Ambiente”, conclui o secretário.

certificadoO Certificado Digital é um arquivo eletrônico que funciona como uma espécie de assinatura digital com validade jurídica permite maior segurança e garante autenticidade, confidencialidade e integridade às informações, transações eletrônicas e outros serviços digitais. A Câmara de Dirigentes Lojistas de Lages (CDL) oferece o serviço para pessoas físicas e jurídicas há cerca de quatro anos. A entidade anuncia algumas mudanças que vão ajudar a agilizar ainda mais a emissão do certificado.A primeira delas é que a emissão do certificado digital, a partir do ano que vem, só poderá ser realizada na própria sede da CDL. O tempo de emissão que antes era de aproximadamente três horas e podia ser feito externamente passará a ser instantâneo.“As mudanças são boas e vem para moralizar e dar maior credibilidade para o uso dessa tecnologia. Ela tem facilitado muito a vida dos empresários, da população  e até mesmo do setor público”, explica o diretor Executivo da CDL, Jhonathan Silva.De uma forma rápida, segura e barata, é possível reconhecer firma em vários documentos, emitir nota fiscal eletrônica, efetuar transações bancárias, entre outras vantagens. A assinatura de um simples contrato demorava muito tempo antes. Pois, precisava da assinatura e reconhecimento de firma dos envolvidos. Muitas vezes, o documento ainda precisava ser digitalizado e encaminhado para outra pessoa. Com a certificação digital, cada parte pode ler o texto do contrato de onde está e assinar com um programa chamado assinador digital, que usa o certificado para validar o documento. “Eu utilizo. Tenho todos os contratos das minhas lojas assinados pelo certificado digital”, conta o proprietário da franquia da Cacau Show em Lages, Zulmiro Klan.

Texto e fotos: Catarinas comunicação