//Vereadores se manifestam pela permanência dos serviços dos correios nos distritos de Índios e Salto Caveiras

Vereadores se manifestam pela permanência dos serviços dos correios nos distritos de Índios e Salto Caveiras

 
Através requerimento 124/2017 os vereadores José Amarildo Farias (PT) e Mauricio Batalha Machado (PPS) solicitam ao Executivo Municipal que seja renovado o contrato para manutenção das agências dos correios ou postos de atendimentos nos distritos de Índios e Santa Terezinha do Salto. Apresentada na sessão de terça-feira (1), a manifestação refere-se ao fato de que a atual gestão municipal sinalizou que não renovará o contrato dos serviços prestados nesses distritos, isso pode ocasionar no fechamento das agências.
Segundo a matéria, somente o distrito de Índios recebe em média 200 correspondências por dia, além disso, o serviço atende outras comunidades vizinhas, tais como Lambedor, Entrada do Campo, Potreiros, Vila Cadeados, Gramados, Bela Vista, Rancho de Tábuas, entre outros. “Com o fechamento das agências, estas correspondências terão de ser postadas ou retiradas pelos destinatários, junto às agências dos correios de Lages. Isso pode trazer prejuízos as comunidades atendidas, uma vez os usuários teriam que alugar caixa postal para recebimento dos envelopes e muitos não teriam condições econômicas para isso”, justificou o vereador Amarildo.
Ainda segundo o legislador, o repasse do convênio existente entre a Prefeitura do Município de Lages e a Empresa Brasileira dos Correios é de R$ 1.400 reais por agência. “Isso praticamente paga as despesas com funcionário, uma vez que não há despesas de aluguel e as despesas de luz são insignificantes por tratar-se de tarifa rural (baixo custo)”, argumentou o vereador. Aprovado pela Câmara Municipal, o documento será encaminhado ao prefeito Antonio Ceron (PSD) e ao gerente da Agência dos Correios de Lages, Flávio Prada visando que medidas sejam tomadas de modo a evitar a interrupção dos serviços.