//Mais de 15 mil pessoas passaram pela rodoviária em julho

Mais de 15 mil pessoas passaram pela rodoviária em julho

O gerenciamento e a manutenção geral do terminal de passageiros são feitos pela prefeitura, através de equipe de 14 servidores que se revezam em atendimento 24h

Em Lages, a administração da Rodoviária Dom Honorato Piazera, localizada no bairro São Cristóvão, à margem da avenida Dom Pedro II, é da Secretaria Municipal de Serviços Públicos e Meio Ambiente. A manutenção geral da infraestrutura física deste terminal de passageiros, que no dia a dia compreende os serviços de gerenciamento, limpeza (varrição e higienização) e jardinagem é feito basicamente por uma equipe de 14 servidores públicos municipais (atendimento 24 h).Além disso, existe também o serviço de segurança pública, que é realizado pela Ronda Tática (equipe de vigilantes, ligada à Diretran). Porém a garantia da segurança pública neste local, regularmente, é responsabilidade da Polícia Militar. “Já acertamos com a PM os termos para instalação de um posto policial dentro da Rodoviária. Reformamos a sala, a qual recebeu novos móveis e computador. Em breve este posto estará funcionando”, garante o secretário municipal Euclides Mecabô (Tchá-Tchá).Segundo Tchá-Tchá, em julho deste ano, passaram pela rodoviária um total de 15.415 passageiros (embarque e desembarque). A arrecadação média mensal, para a prefeitura é de R$48 mil, referente às taxas incidentes nos serviços de operacionalização da rodoviária prestadas por empresas de transporte de passageiros. “Este valor contribui com os custos gerais de manutenção da rodoviária”, aponta o secretário.

Fotos: Marcelo Pakinha