//Fé e devoção a Nossa Senhora dos Prazeres marcam o feriado municipal

Fé e devoção a Nossa Senhora dos Prazeres marcam o feriado municipal

Na oportunidade será realizada também a solenidade de abertura do Ano Jubilar que enaltece os 250 anos de instalação da paróquia.

Na terça-feira (15), será comemorado o dia de Nossa Senhora dos Prazeres, a padroeira de Lages e da Catedral Diocesana do Município. De acordo com o pároco da Catedral Diocesana de Lages, Padre Valdir Clemente Goedert, o feriado municipal será reservado para que os fieis possam prestar homenagem à Santa por meio de oração, celebração e devoção.O Ano Jubilar se estenderá até 15 de agosto de 2018 com o tema os “250 anos de evangelização: Com Maria, formando discípulos missionários”! (Mt, 28, 16-20). Segundo o Padre. Valdir Goedert, no Estado, além de ser padroeira da Catedral Diocesana de Lages, Nossa Senhora dos Prazeres também é a padroeira da capela Bairro dos Motas, situada em Campo Belo do Sul. Menciona ainda, que no Brasil existem diversas igrejas dedicadas à devoção da Santa, devido ao fato de ser oriunda de Portugal, um dos povos responsáveis pela colonização brasileira. Ainda no contexto histórico, o Padre Valdir destaca que o surgimento de devoção à Santa pode ter relação com a peste negra, visto que, muitos enfermos buscavam curas milagrosas nas fontes. Em meados de 1590, por exemplo, bem antes da última peste que houve em Lisboa, uma imagem da Virgem apareceu sobre uma fonte de Alcântara.Conforme explica o religioso, há duas possíveis versões para o surgimento da imagem da Nossa Senhora dos Prazeres, em Lages. A primeira é que Antônio Correia Pinto trouxe consigo durante o período de povoação da cidade, isso em 1766. Já na segunda versão, é que também poderia ter surgido através de uma estampa, que mais tarde viria a ser esculpida.À medida que o padre Valdir mencionava alguns aspectos relevantes que contribuíram para preservação da memória e adoração à Nossa Senhora dos Prazeres, surgiu a lembrança do Bispo emérito de Lages, Dom Oneres Marchiori. De acordo com Padre Valdir, Dom Oneres foi um grande devoto da Santa, inclusive, durante sua gestão como bispo diocesano, ordenou que fossem distribuídas diversas estampas da Nossa Senhora dos Prazeres por todas as paroquias da Diocese. A denominação Nossa Senhora dos Prazeres é a mesma que Nossa Senhora das Sete Alegrias. Os maiores prazeres ou as maiores alegrias de Maria Santíssima foram enumerados por um noviço franciscano, e são os seguintes: a anunciação do anjo, a saudação de Isabel; o nascimento de Jesus; a visita dos Reis Magos; o encontro com o Menino no templo; a primeira aparição do Ressuscitado e a sua coroação no céu.

Programação na Catedral

 

Tríduo

Dia 12/08/17: 1º dia do Tríduo: 19 h – Tema: Maria e a Evangelização;

Dia 13/08/17: 2º dia do Tríduo: 19 h – Tema: Maria e o discipulado;

Dia 14/08/17: 3º dia do Tríduo: 19 h – Tema: Maria e a Missão na igreja.

 

Dia de Oração (15/08/17)

08 h: Alvorada Festiva (repique dos sinos);

09 h: Santo Terço Meditado;

10 h: Adoração ao Santíssimo Sacramento;

12 h: Repique dos sinos;

14 h: Santo Terço Meditado;

15 h: Missa da Saúde;

19 h: Missa Solene e Coroação de Nossa Senhora dos Prazeres e Abertura do Ano Jubilar – 250 anos de Evangelização.

 

Fotos: Daniel Costa