//Carnês do IPTU 2018  serão entregues pelo Correios

Carnês do IPTU 2018  serão entregues pelo Correios

Segundo o secretário municipal de Administração e Fazenda, Antônio Arruda,  os carnês do IPTU 2018 serão entregues pela Agência dos Correios de Lages na segunda quinzena do mês de março. “Que não receber o carnê até dia 31 de março, deverá procurar na Prefeitura, ou entrar no site do município e proceder a retirada do carnê para o pagamento em cota única (HTTP://www.lages.sc.gov.br), o mesmo procedimento pode ser feito a quem optar pelo parcelamento. A primeira vence no dia 1º de Abril, com descontos de 11%; a segundas, no dia 20 de abril, com 9%; e a terceira, dia 27 de abril com o benefício de 7% de desconto. Aqueles que não  quiserem optar pelos descontos, podem efetuar o pagamento em oito  parcelas, a partir de 30 de abril até novembro. Em relação ao ano passado, apenas mudou o percentual de desconto. Em 2017 era de 18%, e agora é de 11%. A justificativa para o menor percentual deste ano, é de que o benefício fora concedido ainda em 1999, quando a inflação era na casa de 30% ao mês. Atualmente, com a inflação em torno de 2 a 3%, está sendo dado 11% de desconto. No proporcional, atualmente,  é um percentual cinco vezes acima da inflação; e, naquela época não chegava a duas. Então hoje, o desconto é maior. Há também a correção de 2% medida pelo Índice Geral de Preços de Mercado (IGPM)”, observou o secretário municipal.

 Expectativa de um ano muito bom

A expectativa de arrecadação em 2018 é a mesma do ano passado, ou seja, de R$ 25 milhões do que é lançado. Ainda segundo Antônio Arruda, “o  recebimento real fica em torno de R$ 10 milhões. Dos 40% que se lança é o que se recebe. O restante vai virando em dívida ativa. Hoje, o município tem mais de R$ 400 milhões para receber do INSS. São dívidas que vão se acumulando em torno de R$ 12 a 15 milhões a cada ano” disse o secretário da Administração e Fazenda, reiterando ainda que “no ano de 2018 a Prefeitura Municipal terá mais equilíbrio nas contas. A partir de outubro de 2017 já foi possível perceber que a receita começou a crescer. O País voltou a produzir, os empresários deixaram de lado o envolvimento na política e trataram também de produzir. Sendo assim, a expectativa é muito boa para 2018, até porque é um ano eleitoral, roda mais dinheiro no mercado, os deputados atuam com várias emendas impositivas e que acabam contemplando mais os municípios da base, e isso faz gerar a economia. Então a nossa expectativa é de um ano muito bom” concluiu Antônio Arruda, secretário municipal da Administração e Fazenda da Prefeitura Municipal de Lages.