//Incêndio em sala de aula pode ter sido criminoso

Incêndio em sala de aula pode ter sido criminoso

A população brasileira está recebendo nos últimos dias, através da mídia, matérias sobre violências nas escolas, com agressões a professores e depredações do patrimônio público através de alunos. Vale lembrar que o Brasil ocupa, vergonhosamente o 2º lugar no mundo no quesito “violência nas escolas”, perdendo apenas para a Estônia. Entretanto, as coisas não acontecem apenas em estados distantes. Aqui em Lages também já aconteceu, e hoje, segunda-feira, 10/06, num estabelecimento escolar, conhecida de todos, a Escola Estadual Godolfin Nunes de Souza, situada na Penha, à rua Nossa Senhora da Penha os professores tiveram que evacuar os alunos para apagar o incêndio que estava ocorrendo em uma sala de aula. Enquanto aguardavam a chegada dos Bombeiros, os professores pagaram as chamas usando extintores de incêndio da própria escola. O incêndio ocorreu durante a pausa das aulas, e o aviso do sinistro foi feito por um próprio aluno da escola. A Polícia Militar também compareceu ao local e prometeu investigar a situação, já que há suspeita de incêndio criminoso.