//Cinco pessoas morrem “carbonizadas” e outras ficam gravemente feridas em acidente na BR-116, em Capão Alto

Cinco pessoas morrem “carbonizadas” e outras ficam gravemente feridas em acidente na BR-116, em Capão Alto

Na manhã desta sexta-feira(13), cinco pessoas morreram carbonizadas e outras quatro ficaram feridas, dentre elas duas em estado gravíssimo. Ambas foram socorridas é encaminhadas para emergência do Hospital Nossa Senhora dos Prazeres, de Lages, após um acidente no Km-270 da BR-116 localidade de Barreira, município de Capão Alto, por volta das 7hs.

 

De acordo com relatos de alguns dos envolvidos no acidente, que prestaram informações a PRF, ocorreu da seguinte forma:
Uma Scania placas ISA-4188 de Flores da Cunha-RS, (cegonha), seguia sentido RS, e era conduzida por Glademir Luiz Matte, de 58anos, atrás o Volvo caçamba placas MKQ-7b74 de Sanaduva-RS, dirigido por Vagner Augusto Riehs, de 36 anos, mais atrás um caminhão julieta Axor placas de Belo Horizonte/MG, conduzido por um cidadão, de 38 anos,que tirou para ultrapassar os dois caminhões que estava a sua frente, nisso no sentido contrário vinha o Fiat Uno placas MIC-1174 de Lages, cor vermelha com cinco ocupantes, o motorista deu de cara com o caminhão, se assustou invadiu a pista contrária e bateu frontalmente contra a Scania. O caminhão Volvo, acabou juntando, a traseira da Scania /cegonha.

Um veículo Citroen C3 placas MFW-3657 de Lages, possivelmente amigos dos ocupantes do Fiat, que vinham logo atrás bateram violentamente na traseira do Fiat, entrando embaixo do mesmo. Com impacto da colisão, o Fiat pegou fogo, e todos os ocupantes, ficaram presos nas ferragens e morreram carbonizados.
No Citroem, tinha quatro pessoas, dois jovens e duas gurias, que foram socorridas e encaminhados à emergência, esses tinham forte odor etílico. Segundo os socorristas que prestaram os atendimentos, os rapazes, disseram que amanheceram no pátio de um posto nas imediações. A pista ficou totalmente bloqueada, em mais de 10km em ambos os sentidos. O Corpo de Bombeiros, combateu as chamas, fez o rescaldo e após a remoção dos corpos para o IGP.

Atualização:

O Uno e o C3 são de Lages. O Focus é de Bento Gonçalves, apenas danos de pequena monta. Uma carreta (V1) é de Sananduva/RS; a outra carreta (V2) é de Flores da Cunha/RS e a terceira carreta (V3) é de Belo Horizonte/MG.