Preocupação de vereador e comunidade é solucionada pelo prefeito Tito Freitas

Uma situação preocupante é o que pode se chamar o que está acontecendo numa Cohab em Capão Alto. Segundo o vereador Cleiton Lopes, PPS, “existe uma fossa que foi construída numa administração anterior e que, agora, está ocasionando problemas. Solicitamos na Câmara de Vereadores que fosse informado ao chefe do Executivo Municipal através da competente secretaria para que providências fossem tomadas”.

A reportagem de Notícia no Ato dirigiu-se até ao município de Capão Alto, onde pode comprovar “in loco” a situação. E pelo que informou, o titular da Secretaria Municipal de Urbanismo, Anderson Luiz dos Santos, “os dejetos não estão vindo diretamente da fossa e sim, de uma ligação clandestina, o que não é esgoto, são águas que escorrem das pias e de banheiro”, disse o titular da Pasta. A reportagem pode tomar conhecimento que a Prefeitura Municipal colocou um caminhão pipa para esvaziar a fossa que foi construída em anos anteriores. Ainda de acordo com explicações do secretário, “as ligações dos domicílios estão interligadas e, por essa razão está havendo esses vazamentos.

Vai ser colocada uma nova caixa com capacidade de 20 mil litros que já foi adquirida e, nos próximos dias será instalada até que o novo projeto seja executado. O importante é que façamos um reparo evitando que o meio ambiente seja poluído, e com adequação para que o caminhão possa vir esporadicamente fazer o esvaziamento da nova caixa” explicou o secretário municipal. Na verdade, a atual administração de Capão Alto está enfrentando como em outros municípios as heranças deixadas por administrações anteriores.

Como por exemplo uma Unidade de Pronto Atendimento que o ex-prefeito inaugurou e fechou, sendo totalmente concluída pela administração do Tito Freitas, e que, agora vem prestando um atendimento de qualidade à comunidade. Vale lembrar que o prefeito, esteve visitando a UPA agora devidamente equipada, onde pode dialogar com pacientes, para saber se estão recebendo bom atendimento por parte de enfermeiros, médicos e técnicos que prestam serviços na área da saúde.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário