Prefeitura de Capão Alto encerra o ano de 2017 com superávit

O prefeito Tito Freitas, está vibrando e deixa até transparecer a sua felicidade ao informar que, graças a um trabalho da equipe econômica da Prefeitura Municipal de Capão Alto, e também pelas gastos que aconteceram com coerência e responsabilidade, permitindo chegasse ao final de um exercício com saldo financeiro positivo. “É claro que, diante de uma crise financeira e política que assola o País, com reflexos negativos aos estados e municípios, encerrar um ano com um superávit, não é para qualquer município. Isso demonstra que, estamos consciente da nossa missão, e estamos gerenciando e conduzindo uma administração municipal dentro dos parâmetros que deve ser, pois o poder público pertence ao povo, e, consequentemente, temos que administrar com responsabilidade. Enfim, chegamos ao final de um exercício sem dívidas e com os salários dos servidores municipais em dia. A população irá tomar conhecimento do Balanço oficial da Prefeitura Municipal através de publicação que será divulgada na imprensa. Ressaltamos na oportunidade a parceria que tivemos com a Câmara Municipal. Uma demonstração inequívoca da harmonia existente entre dois poderes constituídos”, observou Tito Freitas.

Futuras obras

Com o superávit apresentado no final de 2017, o prefeito de Capão Alto sentiu-se animado e quer dar continuidade à pavimentação de vias públicas. “A rua João Vieira de Oliveira, via central da nossa cidade deverá ser pavimentada, numa extensão de 970 metros. Estamos aguardando as liberações de outras emendas parlamentares, já que os projetos estão prontos e também contemplam recursos financeiros do Fundam 2 a ser liberado pelo governo do Estado de Santa Catarina”, frisou Tito Freitas.

Solucionado o problema da falta de água na localidade de Barreira

As famílias residentes na localidade de Barreiras, município de Capão Alto, passaram por dificuldades em relação ao abastecimento de água para o consumo próprio. Segundo divulgou a imprensa, essa situação chegou ao limite já que, crianças e adultos estavam ficando doentes por ingerir água de péssima qualidade, captada numa fonte existente naquele local. Tal situação aconteceu em virtude de um problema técnico e mecânico que ocorreu com o motor bomba que faz a captação de água do Poço Artesiano lá existente. Aliás, um, dos quatro implantados no município de Capão Alto.

Falta de amparo legal

De acordo com explicações do prefeito Tito Freitas, “tão logo tomamos conhecimento do fato, além de chamar a empresa responsável pela manutenção do motor bomba, o qual apresentou problemas técnicos, também determinamos que fosse distribuído água mineral em recipientes próprios às famílias daquela localidade. Sabemos que houve uma demora para recuperar e colocar em funcionamento novamente o equipamento. Diga-se de passagem, desde o primeiro momento já realizamos o pré empenho que, reafirmamos não ter ficado barato. Quero ressaltar que essa situação, tem que ser debatida e encontrar uma solução, pois a Prefeitura Municipal não dispõe de técnicos especializados e pessoal com capacidade para atender na captação e distribuição de água às famílias residentes na zona rural. Não cobramos nada pelo fornecimento do líquido precioso, que no perímetro urbano é de responsabilidade da Casan. Devemos, portanto, realizar em breve, conversação para chegarmos a um denominador comum, e que possamos solucionar por definitivo essa situação. Afinal de contas, água é vida. E não podemos brincar com a saúde da população. Reconheço que a falta de água é rejudicial e causa transtornos. É um direito da população ingerir água de boa qualidade. Estamos diante de um dilema, pois a Prefeitura Municipal não tem amparo legal para tarifar o fornecimento de água na zona rural. Vamos, portanto, em busca de uma solução. Estou feliz por termos solucionado o problema em Barreiras. Fiquei preocupado, e por lá estive por quatro vezes e tomamos as devidas providências. Espero que a imprensa que, por um lado, usou de um certo sensacionalismo para divulgar sobre a falta de água naquela localidade, saiba também informar que a situação foi solucionada e a comunidade de Barreiras voltou à normalidade, já ingerindo água do Poço Artesiano”, explicou o prefeito de Capão Alto.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário