Polêmica na divulgação dos casos de Covid 19

Causou estranheza junto à comunidade capãoaltense a divulgação nos meios de comunicação de que um dos pacientes internados em Lages é oriundo do daquele município. O que não corresponde à verdade.  E a secretária municipal da Saúde de Capão Alto, Gislaine Antunes Freitas, explica com detalhes a situação: “Esse caso não é daqui. Estamos entrando em contato com a Vigilância Epidemiológica do Estado para correção desse equívoco. Registraram a entrada da paciente como se ela fosse do município de Capão Alto.  Ela é proveniente de um município adjacente. Foi um erro no ato da internação que constava que a pessoa fosse de Capão Alto. Graças a Deus, não temos nenhum caso confirmado. É um risco que todos correm; porém, o município de Capão Alto ainda está em zero. É necessário uma confiabilidade nos dados para que a população sinta-se segura de que realmente não surgiu nenhum nome oriundo de Capão Alto. É bom que todos saibam que, estamos fazendo um trabalho correto, faz-se necessário que seja corrigido esse equívoco e seja constado o município de origem da pessoa enferma”observou a secretária da Saúde de Capão Alto, Gislaine Antunes Freitas.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário