Programa “Recupere Santa Catarina” foi apresentado em reunião

O técnico em agropecuária e extensionista rural da Epagri no município de Capão Alto, Walmor Lopes Ramos informou que “a reunião realizada ontem, terça-feira, 28/07, no CEAPA – Centro de Apoio ao Pequeno Produtor Rural de Capão Alto, cuja propriedade pertence à Epagri, que está em vias de comodato coma Prefeitura Municipal. Foi para explicar sobre o Programa que está sendo apresentado pela Secretaria de Estado da Agricultura, denominado “Recupere Santa Catarina”, através de um recurso que está sendo destinado à Capão Alto, um dos seis municípios da Amures que foram contemplados, no valor de R$ 70 mil reais. Esse recurso será destinado aos agricultores para recuperarem suas propriedades danificadas pelo ciclone bomba, entretanto, há um trâmite a ser obedecido. Queremos divulgar à Defesa Civil e lideranças do município quais são as normas que deverão ser levadas em consideração para suas respectivas liberações, no valor de até R$ 10 mil reais por produtor, como teto máximo para aplicar em suas propriedades atingidas.  Esse valor é reembolsável com 5 anos para pagar com 50% de desconto. É um recurso oriundo da Assembleia Legislativa de Santa Catarina – Alesc, para o Governo do Estado, num total de R$ 5 milhões destinados aos municípios atingidos”, observou o extensionista rural da Epagri, Walmor Lopes Ramos, o qual reiterou ainda que, “ a Epagri realiza um trabalho de assistência técnica aos produtores, com orientações, visita a campo, coletando solo, necessidades de calcário e adubação, estruturando-os para que tenham uma produtividade mais elevada, visando a sua rentabilidade e permanência no campo. Assim que, realizamos esse amparo de fomento à agricultura junto com a Prefeitura Municipal e Secretaria da Agricultura, realizando as políticas públicas do Governo do Estado e Federal para que os produtores possam desenvolver suas atividades nas propriedades, sempre buscando a melhora de vida do produtor rural para que ele continue no campo com dignidade. Somos, portanto, parceiros com a Secretaria da Agricultura e Sindicato Rural, assim com as demais autarquias que existem, para que possamos fazer um bom desenvolvimento à todos; inclusive com crédito rural para investirem em suas propriedades”, concluiu o técnico em agropecuária da Epagri de Capão Alto.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário