Madeireira Rodrigues vai investir R$ 25 milhões em Correia Pinto, na ampliação de seu parque industrial

Segundo Sérgio Roni Rodrigues, administrador da Madeireira Rodrigues, “a empresa foi implantada em Correia Pinto no ano de 2004, hoje gera 130 empregos diretos, e com os novos investimentos chegar a 200 empregos diretos e mais de 800 indiretos”. A empresa é a 4ª em movimento econômico do Município. “A modernização, com a entrada em operação de novos equipamentos, vai nos a certeza de que a informatização trará grandes benefícios, entre elas, o de conseguir melhores índices de produtividade, como também proporcionar aos funcionários e colaboradores uma melhor condição de trabalho; e, pensando na qualidade final do produto e conseguir alcançar melhor demanda do mercado. Este ano já exportamos para 30 países com vendas regulares, principalmente para a Europa, onde Alemanha e Reino Unido são nossos principais clientes. Porém, estamos vendendo para todos os continentes, como África do Sul, Austrália e Estados Unidos. E nosso objetivo é conquistar novos mercados pela qualidade do produto”, observou o administrador da Madeireira Rodrigues.

Prefeito visita madeireira

Acompanhado de secretários, vereadores e de outras autoridades o Prefeito de Correia Pinto, Celso Rogério Ribeiro, esteve visitando na manhã do dia 24/09, as dependências da empresa e da nova área onde será construído um barracão com 6.000m² e dois novos tornos para produção de laminados. Na oportunidade o Prefeito disse à reportagem de Notícia no Ato que: “Essa é uma indústria que está consolidada em Correia Pinto a mais de quatorze anos. Passaram por um incidente de incêndio. Se recuperaram dos prejuízos e hoje é a 4ª empresa na receita sobre o valor econômico adicionado ao município e além de gerar renda, gera emprego. São mais de 200 famílias ligadas diretamente à Madeireira Rodrigues.Com os novos investimentos, inclusive com Caldeira nova e moderna, toda automatizada, com capacidade de gerar 25kg de pressão de vapor, aumentando a qualidade dos produtos empresa. O investimento de R$ 7.000.000,00, vai gerar novos empregos diretos e indiretos. Acredito na estrutura avançada da indústria, como empresa familiar e muito bem integrada à sociedade correiapintense”, observou o prefeito Celso Rogério.

Novas indústrias

O Prefeito ainda disse que: Hoje Correia Pinto está em 2º lugar na produção e exportação de compensados de Santa Catarina. Três novas empresas estão sendo instaladas. A Madeserra Ltda. Numa área de 30.000m², com mais de 800 metros de construções de barracão, com caldeira para secagem de 10 ton. A previsão é que entre em funcionamento em novembro, propiciando 135 empregos diretos. A Global Madeireira Ltda. nas Águas Sulfurosas já está gerando 50 empregos e a previsão é chegar a 200. Estão com dificuldades com as liberações dos equipamentos no Porto. Exigem pagamento como se fosse equipamentos importados. E não é, pois foram desmontados na China. Porém está sendo resolvido. Já estão trazendo os Containers, muito embora ainda existam 60 com equipamentos e estufas ainda no Porto. Hoje, 26.09, já chegaram oito carretas com os containers. Até ao final do ano deve entrar em funcionamento dobrando o número de empregos que já estão sendo oferecidos. É Correia Pinto no rumo do desenvolvimento. Tornou-se um canteiro de obras, tanto na área industrial, como na infraestrutura urbana. Hoje o município tem credibilidade junto aos investidores. “Correia Pinto vai dar um salto no tempo, causando orgulho e satisfação ao nosso povo”, concluiu o prefeito Celso Rogério.

 

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário