//Prefeito Celso Rogério e comitiva estiveram em Brasília

Prefeito Celso Rogério e comitiva estiveram em Brasília

Correia Pinto – O Prefeito Celso Rogério Ribeiro, acompanhado dos Secretários de Obras e Mobilidade Urbana, José Carlos Vargas Mariano, da Agricultura e Meio Ambiente, Roberson Bastos, do Diretor de Planejamento, engenheiro Edésio Alexandre Júlio e os Vereadores Josmar da Silva e Everaldo Silva, estiveram nos dias 25 e 26 de junho na Capital Federal fazendo uma maratona/peregrinação de audiências junto aos órgãos do Governo Federal.

Para tratar do segmento de obras, estiveram no Ministério do Desenvolvimento Regional, onde falaram sobre a prevenção da Ponte sobre o Rio das Pombas, que dá acesso ao Bairro N.Sra. Aparecida e muro de arrimo do morro do Hospital Faustino Riscarolli, assim como de recursos no valor de R$ 360.000,00 para obras de prevenção para aterro e construção de nova ponte sobre o Rio das Pombas, na estrada geral Osni Pereira Alves. Georgenor Cavalcante Pinto, chefe de Gabinete, recepcionou a comitiva. Sobre projeto de melhoria urbana e obras de infraestrutura, com passeios públicos e acessibilidade, ligando os bairros Planalto, até o bairro São Pedro, não viu possibilidade de atendimento em 2019.

2. No Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento foram protocolados reinvindicações sobre emendas parlamentares aprovadas, algumas até empenhadas e não repassadas ao Município, assim como solicitação para que possa, através de convênios, receber recursos para aquisição de maquinários à renovação da frota (Caçambas, retroescavadeira, rolo compactador, tratores, e escavadeira hidráulica), inclusive para os dois assentamentos do INCRA, Pátria Livre e 25 de Março. Na ausência da Ministra, a comitiva foi recebida pelos assessores de gabinete, Giovanna Turquino Simões e Arthur Camata.

 A audiência com os dirigentes da Infraero, Brigadeiro André Luiz Fonseca e Silva, Diretor de Operações, Paulo Eduardo Cavalcanti, Gerente de Gestão de Aeroportos e Solimar Wichrowski, Assessor da Presidência, foi considerada positiva. Na pauta, a perspectiva para início das operações do Aeroporto Regional de Correia Pinto. Ficou claro que depende de ampliação de pista (recuo -reza) à aviões de grande porte (Boeing 737-700) com vôos por instrumentos, mas que já está autorizado pela ANAC e pela Secretaria de Infraestrutura do Estado de SC, para que seja homologado nessa etapa, e operação especial 3C VFR e possa operar com modo visual, para aeronaves tipo ATR-72, turbo hélice. A Infraero está fazendo os ajustes finais, que espera concluir até novembro próximo.

Outra reunião importante foi com os dirigentes da ANTT (Agêúncia Nacional de Transportes Terrestres), com Mário Rodrigues Júnior, diretor geral e Marcelo Alcides dos Santos, Superintende de Exploração da Infraestrutura Rodoviária. Naquele local foram tratadas sobre as comentadas e prometidas paralelas e da duplicação do trecho da BR 116, km 217 a 225, que corta a área urbana do Município de Correia Ponto. Projeto a ser desenvolvido pela ARTERIS mereceu elogios e compromisso pela sua aprovação. Assim como ficou claro de que poderá o poder público municipal, atuar em parceria nas sinalizações provisórias das marginais e construção de lombadas físicas. Foi garantido ainda a não intervenção nos estacionamento em suas margens, desde que não prejudiquem a segurança da BR.

No Ministério do Turismo, foi protocolado pedido de recursos para construção da praça junto ao Centro de Eventos Alexandre Júlio e cobrado o não repasse de R$ 120.000,00 (contrato 4452/006/00647007-40) da finalização das obras do Parque de Exposições Lindolfo Burk, concluídas em novembro e inauguradas em fevereiro último, tendo resto a pagar à empresa contratada. Alegam o não recebimento de repasses da Fazenda no final do Governo Temer e a falta de programação orçamentária na atual gestão.Nessas audiências, intermediadas pelo Senador Esperidião Amin, a comitiva teve o acompanhamento do Assessor e Chefe de Gabinete Amaro Lúcio da Silva.


Alguns pedidos de Emendas Parlamentares, junto a Deputados e Senadores da bancada catarinense, foram protocolados pelos Edis que acompanhavam, tendo algumas já confirmadas pelas Deputadas Ângela Amin (R$ 300.000,00 para manutenção da assistência básica de saúde) e pela Dep. Carmem Zanotto (R$ 220.000,00 para incremento do piso de atenção básica-PAB e de média e alta complexidade- MAC). O Prefeito Celso Rogério considerou como positiva as audiências, embora entendendo que os Municípios deveriam receber diretamente esses recursos financeiros, com a reforma do pacto federativo, que o centraliza na União, sendo que, quem executa todos os serviços e obras públicas são as Prefeituras.