// TSE prevê afastamento de cargos públicos para quem vai concorrer ao pleito eleitoral

 TSE prevê afastamento de cargos públicos para quem vai concorrer ao pleito eleitoral

Quem ocupa cargos de primeiro escalão em governos municipais e que  pretendem concorrer ao pleito eleitoral de 2020 terão  que desincompatibilizar-se até sexta-feira, dia 03/04, atendendo determinação do Tribunal Superior Eleitoral – TSE -, que exige o afastamento do cargo seis meses antes das eleições. No município de Correia Pinto, os secretários municipais, José Carlos Mariano da Pasta de Obras; e, Rita Júlio, da Assistência Social; assim como, a diretora do Hospital Faustino Ricaroli, Andreia Meis e também Devir de Jesus de Oliveira, diretor de Mobilidade Urbana. Para preencher os cargos, o prefeito Celso Rogério determinou que o secretário de Agricultura e Meio Ambiente, Roberson Bastos acumule a responsabilidade de responder pela secretaria de Obras.

Enquanto na Secretaria Municipal de Assistência Social e Habitação, quem assumiu no lugar de Rita Júlio é a Nayane Ribeiro Coelho que já atua no assessoramento na Pasta e não vai encontrar nenhum problema tendo em vista a experiência acumulada ao longo do tempo.Já no Hospital Faustino Riscaroli, no cargo de diretora da Fundação Hospitalar, assumiu a enfermeira Cristieli Muniz Ribeiro Rabello(foto), já que tem vasta experiência nas conduções de trabalhos hospitalares. Na diretoria de Mobilidade Urbana, os próprios funcionários se encarregarão de levar avante as atividades da instituição.

Por outro lado, em decorrência da Pandemia do Coronavírus, ainda não causou nenhuma modificação no Calendário Eleitoral, e não há nenhuma definição sobre um possível adiamento das eleições municipais em todo território nacional.