Correia Pinto: mutirão de reforma e construção de escolas e CEIs

Nem mesmo o freio e os transtornos da pandemia impediram que a administração, numa força-tarefa entre obras, planejamento e educação, investisse intensamente no ensino municipal. São várias Escolas e Centros de Educação Infantil que receberam melhorias, mais espaço e conforto para a população estudantil.

  Segundo a Secretária de educação Cleomara F. Rodrigues, entre as contemplações estão a Escola Caldas Júnior, que já havia recebido a construção da quadra coberta, e mais quatro salas de aula e agora foi realizada a troca das portas de madeiras dos banheiros por portas de alumínio, na Escola José do Patrocínio também foi realizado essa troca. Uma reivindicação antiga era relacionada ao espaço para que os pais ficassem ao buscar seus filhos no Grupo Escolar Luiz Cláudio  Madrugada, nesse local além de reforma geral da unidade escolar, está em fase final a construção de uma praça, com maior espaço, bancos e sombra, para maior comodidade dos alunos e pais que vão levar ou apanhar seus filhos Esse pedido já vinha se arrastando desde 2017 e agora  está  praticamente concluída. Receberam melhorias também, o CEI Estrelinha Dourada, três escolas multisseriadas das localidades de Barra do Índio, Atrás do Cerro e Avencal, onde foram construídas mais duas salas de aula.

De acordo com a secretária Cleomara, a sede da  Escola Itinerante está em fase final das reformas. O CEI modelo, Pingo de Gente, está sendo feito uma reforma geral, desde colocação de piso, pinturas de paredes e construção dum muro de arrimo. O Centro de Educação Infantil Manoel Floriano, junto com a construção de duas salas de aula que já havia sido feita, foi realizado um trabalho geral de jardinagem. A prefeitura também adquiriu um terreno e está  construindo o Centro de Educação Infantil Paraíso da Criança, com  mais ou menos 70% da obra concluída. Nesse caso, a administração contou também  com recursos vindos de emenda parlamentar do Deputado Romildo Titon. No CEI Criança Feliz foi feito o plantio de grama e também recebeu melhorias.  Cleomara Rodrigues ressalta ainda que no assentamento Pátria Livre já foi concluída uma importante obra. Segundo ela, a escola foi iniciada em 2014, e agora a prefeitura está concluindo  com outras melhorias. O município construiu o poço artesiano e  falta apenas a Celesc puxar a rede elétrica, e depois uma vistoria federal para liberação, já que os recursos vieram de Brasília. Esta semana iniciou-se também a reforma do Ginásio da Escola Olintho D´Ávila Mesquita, situada no bairro São João.

Texto: Toninho Goulart

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!