Pouca gente também no cemitério Campo da Paz São Francisco, em Correia Pinto.

     Poucas pessoas foram no turno da manhã ao cemitério municipal. Um detalhe que chama a atenção é logo na entrada, onde estão os mapas com o número da quadra e dos túmulos de todos os sepultados no local.

Ponto positivo é um grupo de agentes comunitários de saúde e da vigilância sanitária, uniformizados, com equipamentos protetivos e que dão toda orientação ao visitantes. A agente comunitária de saúde, Léia Cristina Pereira, explica que a orientação é evitar possível aglomero de pessoas, reforçar e fiscalizar o uso da máscara e utilizar álcool em gel. Ela disse que desde a semana passada esse trabalho de orientação já vinha sendo feito pela Secretária de Saúde do município. A visitação deve se estender até às 18h.

COMPARAÇÃO

     Enquanto no cemitério municipal de Correia Pinto, havia uma equipe de profissionais da saúde da vigilância sanitária cuidando, orientando as visitas, no cemitério Cruz das Almas em Lages, o que se viu e por pouco não passou despercebido pela reportagem, foi um trio em frente ao portão, sem identificação alguma, confundindo os visitantes e aferindo a temperatura corporal, sem diálogo, e parecia que estava lá cumprindo obrigação.

No cemitério de Capão Alto, também estava uma equipe da vigilância sanitária que em parceria com a Polícia Militar, orientava e fiscalizava a visitação em relação aos cuidados exigidos pela Secretária de Saúde. O agente da vigilância sanitária de Capão Alto, Daires Kleber da Silva, informou que a visitação deve se estender também até às 18h, e até ao meio-dia nenhuma alteração havia sido registrada. Em dois cemitérios no interior do município, as equipes estarão fiscalizando e orientando.

     Outra observação feita pela reportagem, foi a redução e a queda no movimento das floriculturas, tudo devido à ausência de visitantes no dia de finados.

Jorge Alves Teixeira, proprietário da empresa Encanto das Flores, avalia que o movimento esse ano no comércio de flores em geral teve uma queda de 40% a 50%. A floricultura está localizada próximo ao cemitério Cruz das Almas, onde outras lojas do mesmo ramo atuam também.

Texto: Toninho Gourlat

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!