Prefeitos da Amures pedem ajuda ao Governo do Estado

Na manhã deste (31), durante ato do Governo do Estado em São Joaquim, os prefeitos da Associação dos Municípios da Região Serrana (Amures) entregaram uma carta ao governador do Estado, Carlos Moisés, solicitando especial atenção e o repasse de recursos para auxiliar os municípios no custeio da saúde. Em 2020, todos os municípios receberam recursos do Governo Federal para compensar as perdas em função da pandemia do COVID-19. Já em 2021, os recursos não chegaram aos municípios.

De acordo com o prefeito de Correia Pinto, Edilson Germiniani, que coordenou a elaboração do documento, este é o maior desafio que os municípios estão enfrentando, de modo especial para aqueles que mantém hospitais municipais. Em Correia Pinto as despesas com saúde ultrapassam os 30%, quando a obrigação constitucional é de 15%.

O documento foi assinado por todos os prefeitos da Amures, no entendimento de que o Governo do Estado precisa estender a mão aos pequenos municípios. Em 2021, a demanda por serviços básicos e hospitalares está muito superior ao ano anterior, pois muitos serviços foram suspensos fazendo com que as doenças fossem agravadas.

Atualmente, chegam aos postos de saúde o paciente com COVID, pós-Covid e ainda pacientes de todas as demais comorbidades, agora agravadas. Extremamente preocupado, o prefeito Edilson afirmou que: “se o Governo do Estado não ajudar os pequenos municípios com valores destinados ao Custeio, teremos muitas dificuldades para manter os serviços públicos.”

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!