Prefeitura de Correia Pinto faz serviço “meia boca” e situação de praça continua vergonhosa

A situação da Praça Vânio Eger, no bairro São João, em Correia Pinto, continua vergonhosa. No mês passado, o Notícia no Ato denunciou o cenário de abandono do local, seja pelo desleixo e descaso da Prefeitura local, seja pelos atos de vandalismo de alguns moradores inconsequentes. A nossa reportagem voltou ao local e verificou que a situação pouco mudou.

Pelo o que foi contatado, uma equipe da Prefeitura esteve na praça para fazer a manutenção e consertar os estragos, mas fez um serviço “meia boca”. Dentre os problemas que persistem, as portas dos banheiros continuam danificadas – uma delas chegou a ser pregada. Já um equipamento da academia da terceira idade segue com parafusos se soltando – um deles foi arrancado.

Os banheiros, além de apresentarem problemas nas portas, seguem uma imundice, com fezes nos vasos. Também não há água nas torneiras no local, o que amplia os problemas e afasta a população daquele espaço publico. A escadinha de um brinquedo segue amarrada com um pedaço de fio, e o parque infantil segue sem os balanços, impedindo a recreação das crianças. Vale lembrar essa praça foi inaugurada recentemente e teve um custo de mais de R$ 200 mil.

De acordo com informações, o local tem sido alvo de vandalismo, independente disso, a Prefeitura tem o dever de mantê-lo em condições de uso, fazendo os reparos e a manutenção quando for necessário. Para tal, deveria ter, na Secretaria de Meio Ambiente, uma equipe para executar esse tipo de serviço. Quanto aos atos de vandalismo, a administração deveria criar mecanismos para proteger o local, quiçá colocando um serviço de vigilância. O que não pode simplesmente tapar os olhos e deixar que o bem público se deteriore, sem nenhum cuidado.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!