Secretaria de Saúde de Correia Pinto apresenta balanço das ações

A Secretaria de Saúde de Correia Pinto concluiu o balanço das atividades desenvolvidas no ano passado. Os dados foram apresentados pela secretária da pasta, Rosângela Athayde Barbosa, que está no cargo há quatro meses – ela era coordenadora do Programa Estratégia Saúde da Família.

Nos quatro postos de saúde do município, foram realizados 89.135 atendimentos/procedimentos, sendo 41.666 na UBS São João, 22.163 na UBS Centro, 9.487 UBS Canoas e 15.819 na UBS Florestal, o que dá uma média de 8 mil atendimentos mensais. Os números são considerados ótimos, considerando a população do município, o que significa que os moradores estão sendo “muito bem atendidos”.

Outro dado que chama a atenção diz respeito aos exames laboratoriais, que totalizaram um valor de R$ 91.171.00 em 2021. Quanto às consultas, exames e atendimentos especializados através do Consórcio de Saúde da Amures, foram 4.881 atendimentos. Em relação ao Tratamento Fora do Domicílio (TFD), foram 3.914 consultas.

Em relação a outros serviços, no ano passado, a Secretaria Municipal de Saúde forneceu 44.640 fraldas geriátricas para pacientes acamados, além disso, atendeu 53 pessoas com medicação judicial. Já os atendimentos feitos pela Secretaria foram de 2.261.

Ademais, a secretaria disponibilizou à população outros serviços, como o fornecimento das fórmulas de leite para crianças, transporte diários de pacientes para Lages para consultas, tratamento de hemodiálise, radioterapia, entre outros serviços.

Em relação à vacinação contra a Covid-19, foram aplicadas 10.951 (primeira dose) e 9.242 (segunda dose) segunda já foram imunizadas com a segunda dose até agora, totalizando uma cobertura vacinal de 92% com a primeira dose.

Quando às políticas e estratégias de combate à pandemia da Covid-19, a secretária informa que o município irá reabrir a Central Covid na próxima semana, devido ao aumento de casos de coronavírus. As equipes de atendimento já estão sendo mobilizadas para atuar na unidade, com o chamamento de profissionais do último processo seletivo e de servidores que estavam de férias.

Rosângela também comentou sobre o atendimento médico nos postos de saúde, com os serviços cobrindo as quatro UBS do município, com consultas feitas mediante a agendamentos. Em relação às cirurgias, ela esclarece que os procedimentos via SUS são gerenciadas pelo Governo do Estado, por meio do Sistema de Regulação – SISREG, ou seja, não tem nada a ver com o município.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!