//Prefeitura pavimenta rua com sistema “antipó”

Prefeitura pavimenta rua com sistema “antipó”

O mesmo material utilizado para construir os acostamentos das rodovias e que serve como alternativa de pavimentação para ruas de chão batido e com grande fluxo de veículos

Uma extensão de 400 metros, por 8 metros de largura, da rua Abetino Rodrigues Marafigo, no bairro Guarujá, encontra-se em obras. Equipe de pavimentação da secretaria de Planejamento e Obras, da Prefeitura de Lages, implanta nesta via a pavimentação conhecida por “antipó” ou “base”. Os trabalhos iniciaram na manhã desta quarta-feira (10 de outubro) e deverão estar concluídos no mesmo dia.

Pela manhã, durante o acompanhamento da execução das obras, o engenheiro Franco Mendes disse que este sistema é uma alternativa de pavimentação para ruas de chão batido e com grande fluxo de veículos.

Segundo explicou o engenheiro, esse tipo de pavimentação deixa a via em perfeitas condições de trafegabilidade, melhorando o fluxo de trânsito e acabando com problemas inerentes ao barro, em dias de chuva, e a poeira em períodos de estiagem.

Já o gerente de Obras, Natanael Rodrigues, explica sobre a técnica utilizada para a pavimentação propriamente dita. “No trecho da via em que existia rejeito asfáltico, foi feita remoção superficial (“descalificação”) deste material, o qual em seguida foi misturado com “brita 2” e “pedrisco” e compactada com máquina rolo. Formada a base, veio o banho de ligação (betume), o “pó de brita” e uma segunda compactação com máquina-rolo”, descreve Natanael.

“Este sistema de pavimentação conhecido por “antipó” é o mesmo utilizado nos acostamentos das rodovias”, finaliza Natanael.

Natanael tem larga experiência na execução de obras viárias, tendo trabalhando durante sete anos como militar do Batalhão de Engenharia, sediado em Lages, e em seguida em empresas construtoras e executoras de obras para os setores público e privado, tendo trabalhado em vários municípios e também fora do Brasil.