//Sesi e Senai se integram na oferta de ensino médio em Santa Catarina

Sesi e Senai se integram na oferta de ensino médio em Santa Catarina

O modelo de ensino médio SESI SENAI agrega as experiências nacionais do SESI, maior rede de educação básica privada do país, e a qualidade do SENAI, maior rede de educação profissional da América Latina; a união dessas competências permite a oferta de metodologias e tecnologias de educação diferenciadas, possibilitando ao estudante estruturar carreira profissional e vida acadêmica.

Sesi e Senai unem-se, a partir de 2019, na oferta do ensino médio em Santa Catarina, estando o Sesi responsável pela educação básica e o Senai pelo conteúdo profissionalizante. Os atuais cursos de ensino médio do Senai, realizados em 14 cidades do Estado e que totalizam 3,2 mil alunos, passam a se integrar ao Sesi, a maior rede privada de educação básica do país, composta por mais de 500 escolas e aproximadamente 300 mil estudantes em todo o território nacional. Os alunos terão acesso a metodologias e tecnologias educacionais diferenciadas como games educativos, atividades “mão na massa” e robótica.

“O objetivo desta mudança é integrar os estudantes catarinenses à proposta em andamento nos demais estados, incluindo o acesso a recursos do Sesi Nacional, sempre priorizando a qualidade do ensino”, afirma o diretor de educação do Sesi de Santa Catarina, João Roberto Lorenzett. “Estamos agregando duas instituições fortes e relevantes neste modelo”, acrescenta. Os cursos terão mais ênfase no ensino de ciências, tecnologia e matemática. As aulas continuarão a ser ministradas nas escolas do Senai.

O novo modelo incorporará as turmas em andamento em 14 cidades do estado. Em Joinville, Blumenau, Jaraguá do Sul, Concórdia, Chapecó, São Miguel do Oeste, Lages, Tubarão e Itajaí é adotado o ensino médio articulado com a Educação Profissional, no qual os alunos realizam o ensino médio em um período do dia e o curso técnico em outro, de maneira que os conceitos aprendidos na educação básica sejam aplicados no curso profissionalizante.

Para a diretora do Sesi em Lages, Silvia de Pieri Oliveira, com esse novo modelo  o ganho aos pais, alunos e comunidade será ainda mais expressivo.“Estamos totalmente dedicados para realizar este trabalho com excelência, em continuidade a história de sucesso construída pelo Senai até o momento e oferecendo o que temos de melhor no ensino médio que é a referência Sesi em todo Brasil”.

Nestas cidades as matrículas estão abertas e podem ser feitas nas unidades do Senai.  Já em Florianópolis, Criciúma, São José, Tijucas e Brusque é realizado o ensino médio em que a parte básica e a parte profissionalizante são integradas em um único turno. As matrículas se iniciam na próxima semana, dia 15 de outubro, e também serão realizadas nas unidades do Senai.