//Exercício Conjunto das Forças Armadas de Apoio a Defesa Civil

Exercício Conjunto das Forças Armadas de Apoio a Defesa Civil

Neste domingo dia 30 deu início o lll ECADEC. Exercício Conjunto das Forças Armadas de Apoio a Defesa Civil. Será na Região Serrana do Rio de Janeiro na cidade de  Petrópolis. Inicia dia 31/08 e termina dia 4 de agosto. Quem está promovendo é a Defesa Civil Nacional através do Departamento de Prevenção e Preparação de Desastres, o qual vem coordenando as reuniões e tratativas. O ECADEC é o maior Simulado do Brasil. As  Forças Armadas, Aeronáutica, Marinha do Brasil e o Exército Brasileiro, irão empregar os Programas Digitais, Apolo e Pacificador. Ferramentas de última geração para o adestramento das tropas, planejamento, inteligência artifical e controle de logística. Envolverá mais de 200 profissionais militares e das Defesas Civis e centenas de pessoas populares. Com a dinâmica de acionamento  de Eventos fictícios  Incidentes de desastres naturais e tecnológicos, criados pela Defesa Civil do Rio de Janeiro, replicando os grandes desastres que atingiram aquela região em janeiro de 2011, ceifando a vida de quase mil pessoas. Este foi o motivo que levou o Secretário de Proteção e Defesa Civil Nacional Coronel Newton Ramlow escolher o Rio de Janeiro para fornecer o cenário onde será aplicado o ECADEC 2017. O Coordenador Geral do departamento de Prevenção e Preparação Hampel Vieira e o Coordenador Geral do Departamento de Socorro Major Santana irão desembarcar já no domingo para os ajustes finais sendo que uma equipe da marinha e do exército já está no local desde do dia 26. Os simulados no Brasil são atribuições da Defesa Civil Nacional esses exercícios são ferramentas de fortalecimento do SINPDEC Sistema Nacional de Proteção e Defesa Civil, os Estados e os Municípios fazem parte desse sistema, que abrange todo o nosso Brasil, fazendo assim parte da preparação dos entes  federados. O ECADEC é uma ação interministerial que envolve o Ministério da Integração Nacional, da Saúde e da Defesa. Já temos a confirmação de participação de seis estados do Brasil e uma procura muito grande por instituições  e pesquisadores que irão participar na condição de observadores do exercício.

Fotos:Reuniões preparativas.