//Programa Qualifica Melhor Lages e direção do presídio abrem curso profissionalizante para detentos

Programa Qualifica Melhor Lages e direção do presídio abrem curso profissionalizante para detentos

Os 20 detentos começam a frequentar as aulas no próprio Presídio no próximo dia 27

Para o dia 27 de julho (sábado) está programada a aula inaugural do curso básico gratuito de mestre de obras no Presídio Masculino de Lages, localizado no bairro Santa Clara, para 20 alunos detentos na instituição, os quais receberão redução de pena por tempo/aula por participarem da qualificação. Serão dois meses com um encontro semanal, no horário das 13h30 às 17h30, com término em 28 de setembro.

Esta é a primeira vez que os apenados serão beneficiados por um curso profissional, porém, eles já são contemplados com aulas de nivelamento escolar de ensino médio, em parceria com o Centro de Educação de Jovens e Adultos (CEJA).

A qualificação de mestre de obras será ministrada pela parceria entre a direção do Presídio (Secretaria de Estado da Segurança Pública), a empresa Reviver Administração Prisional Privada e o Programa Qualifica Melhor Lages, da Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Turismo, com aulas explanadas pelo diretor do Presídio, o engenheiro civil, Márcio de Oliveira, com colaboração do reeducando Joel Lourenço dos Santos, que é técnico em mestre de obras e edificações. O material didático será entregue pela Reviver e os certificados emitidos pelo Qualifica Melhor Lages.

As vantagens do curso básico voltado à construção civil são reduzir o cumprimento da pena; ocupar o tempo ocioso dos detentos; proporcionar convívio saudável, qualificação e uma profissão; reinserir os apenados ao mercado de trabalho; conseguir um salário para ajudar suas famílias, e para a sua ressocialização, não retornando a serem egressos no sistema. “Acredito ser uma ideia inédita e ainda exclusiva em Santa Catarina. Apenas temos conhecimento de cursos realizados pelo Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) e pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) em outras cidades. A conversa com o Qualifica Melhor Lages foi motivada pelos resultados por eles já alcançados, pela certificação e as orientações divididas sobre o funcionamento do Programa e maneiras de ensino”, salienta o coordenador administrativo, Vinicius Meregalli.

A iniciativa partiu da direção do presídio. “A ampliação dos polos das capacitações é excelente para a população. Concentramos aulas na Diretoria de Turismo (bairro Petrópolis) e no Centro de Atenção Integral à Criança (Caic) Nossa Senhora dos Prazeres, bairro Santa Catarina. Poder estar presente no presídio é uma oportunidade a estes homens para que recomecem a vida em sociedade. Em 2018 foram formados 1.148 alunos em 30 cursos pelo Qualifica. Em 2019 já foram formados e/ou aperfeiçoados mais de 580 profissionais (em mais de 30 cursos), aptos a terem registro em carteira ou abrir o próprio negócio como Microempreendedor Individual (MEI). A previsão para este ano de 2019 é a certificação de aproximadamente 1.800 pessoas aptas ao mercado de trabalho”, conclui um dos coordenadores do Qualifica Melhor Lages, Marcelo Lima.

Curso superior

Está no planejamento abrir o leque de possibilidades educacionais para os apenados. “Em breve iniciaremos aulas de ensino superior, com envolvimento da Uniasselvi”, pontua o coordenador administrativo da Reviver Administração Prisional Privada, Vinicius Meregalli. O tipo de curso de graduação ainda será definido, contudo, foi adiantado que serão cinco alternativas para escolha por parte dos apenados (agronegócio, segurança do trabalho, gestão ambiental, processos gerenciais, gestão de produção industrial e engenharia da produção). Foram realizadas provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e do Exame Nacional para Certificação de Competência de Jovens e Adultos (Enecja) nos anos de 2017 e 2018. Os detentos aprovados poderão fazer a faculdade, escolhendo um destes cursos.

Texto: Daniele Mendes de Melo/Fotos: Reviver Administração Prisional Privada/Divulgação