//Alunos do Projeto Guarda Mirim se instruem sobre desastres naturais através da Defesa Civil

Alunos do Projeto Guarda Mirim se instruem sobre desastres naturais através da Defesa Civil

As aulas especiais do Parque Natural sempre contam com a expertise de instituições e empresas parceiras

Pela manhã desta terça-feira (20 de agosto), os alunos do curso do Projeto Guarda Mirim, do Parque Natural João José Theodoro da Costa Neto (Parnamul), receberam agentes da Defesa Civil de Lages, ministrantes de uma palestra sobre desastres naturais, medidas de prevenção e de diminuição e amenização das causas e impactos, aspectos relacionados a inundações, cheias, enchentes, deslizamentos de terra e vendavais, além de os profissionais dividirem dicas sobre primeiros-socorros e reforçarem o acionamento do 199 na ocorrência de algum problema deste tipo. Foram mostradas as viaturas utilizadas diariamente no trabalho da Defesa Civil, barcos, barraca de emergência e outros equipamentos e utensílios, como coletes e cavaletes de sinalização e roupa específica para salvamento aquático.

Os alunos assistiram a um vídeo educativo, participaram da palestra em sala de aula e após se dirigiram ao lado externo da sala de Educação Ambiental do Parque Natural, no bairro São Paulo, e conheceram os demais dispositivos de proteção à vida na parte prática deste aprendizado. Estas atividades fazem parte da programação da carga horária do curso do Projeto Guarda Mirim. “Foi proveitoso e fortifica a importância de trabalharmos estes assuntos com as crianças, para que cresçam conhecendo este trabalho e como agir neste tipo de sinistro. As crianças poderão repassar as informações absorvidas para frente, entre as pessoas de sua convivência, criando a corrente da conscientização”, avalia a gerente de Educação Ambiental da Secretaria de Serviços Públicos e Meio Ambiente, bióloga Michelle Pelozato.

Esta ação especial compreende uma atividade do Projeto Sala Verde do Parnamul, pois o Parque é uma Sala Verde do Ministério do Meio Ambiente, e um dos projetos contemplados pelo Sala Verde é o Guarda Mirim, com aulas às terças-feiras, na sede da Unidade de Conservação, e a cada dia é esmiuçada uma temática. Mais adiante haverá a palestra “Cores da Terra”, uma oficina sobre solo e confecção de tinta a partir de terra, com explanações da Secretaria Municipal da Agricultura e Pesca e da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

No planejamento também estão uma oficina sobre a Mata Atlântica, com contribuição de profissionais da Associação de Preservação do Meio Ambiente e da Vida (Apremavi), visita a campo à Klabin de Correia Pinto, com exploração da Trilha da Mata Atlântica, e participação no Projeto Conhecendo os Destinos do Lixo (iniciativa da Secretaria Municipal do Meio Ambiente), com visita ao aterro sanitário de Lages e a Cooperlages (cooperativa de recicladores). “São atividades desenvolvidas durante o curso e para que as crianças tenham as maiores eficácia e aplicabilidade possíveis, retendo máximo de volume de noções, e posteriormente nos ajudem neste trabalho de divulgação à comunidade, em favor do meio ambiente”, complementa Michelle Pelozato.

Texto: Daniele Mendes de Melo