//Gestores municipais de Assistência Social reúnem-se em Lages

Gestores municipais de Assistência Social reúnem-se em Lages

É através do Coegemas que verbas federais e estaduais são repassadas aos municípios

Representantes de 30 municípios catarinenses participaram de reunião ordinária do Colegiado Estadual de Gestores de Assistência Social (Coegemas), realizada nesta quinta-feira (22 de agosto) no Orion Parque Tecnológico, em Lages. Entre outras atribuições, o Coegemas “atua na autonomia e interesse dos municípios, representando-os junto às autoridades constituídas no que se refere à política de assistência social”.Estiveram presentes na abertura da reunião, o prefeito Antonio Ceron e o seu vice Juliano Polese, juntamente com o secretário de Assistência Social e Habitação, da Prefeitura de Lages, Samuel Ramos (vice-presidente da diretoria executiva do Coegemas).Samuel Ramos explicou que é através do Coegemas que verbas federais e estaduais são repassadas aos municípios, como por exemplo “o cofinanciamento 2019 da assistência social”, com a destinação de 11 milhões de reais para serem distribuídos aos 295 municípios catarinenses. Recursos destinados aos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS) e que serão repassados em parcelas, de setembro a dezembro deste ano.

“Os recursos que Lages receberá serão investidos na reforma de quatro CRAS”, disse o secretário.

Antonio Ceron foi aplaudido na reunião ao destacar a Assistência Social como prioridade das ações e políticas públicas direcionadas a atender as necessidades das pessoas e famílias em estado de vulnerabilidade social. Ele citou como exemplo o caso de Lages, durante o inverno, que desenvolve trabalho de acolhimentos de pessoas em estado de vulnerabilidade social. “Cabe ao poder público municipal acolher aquela pessoa que, em noites frias, não tem para onde ir e como se abrigar. Acolher sem questionar por que ela está necessitando de ajuda. Para isso temos em Lages abrigo temporário de inverno. Cabe ressaltar o importante e fundamental trabalho que vocês desempenham, a responsabilidade que vocês gestores da assistência social têm diante da realidade social”, frisou Ceron.