//Obra da Delegacia de Polícia está parada por mais de uma década

Obra da Delegacia de Polícia está parada por mais de uma década

Ninguém sabe ao certo por qual motivo que a obra da Delegacia de Polícia não é concluída. A comunidade painelense cobra da atual administração municipal uma tomada de providências. Também os vereadores da Bancada do PP solicitam ao Prefeito Municipal pela conclusão dessa obra . Os edis, João Melo Miranda e Edú Vieira, dizem que essa obra “é uma novela. Faz mais de 10 anos que foi iniciada. Foi abandonada, hoje no meio do matagal.  É um patrimônio público.

O terreno é da Prefeitura Municipal e o Estado iniciou a obra e abandonou. Pelo que sabemos, a Prefeitura de Painel está tentando retomar o imóvel. O deputado Március Machado está tentando reverter essa situação. O objetivo é ter o terreno de volta para que naquele local seja construído alguma coisa em benefício da comunidade. Hoje a Polícia Militar e a Civil estão em imóvel alugado. Já poderia ter seu local próprio”, observou o vereador João Melo Miranda. Também a inexistência de uma Capela Mortuária, faz com que sejam utilizadas as dependências da Câmara Municipal para os velórios. “A comunidade cobra dos vereadores. No que depende de nós, a Capela já deveria estar pronta para atender os anseios da comunidade.

Cobramos do Executivo, porém, até hoje não foi tomado uma providência. Anos atrás, os velórios aconteciam no subsolo da Igreja. Por decisão da Cúria de Lages ficaram proibidos os velórios naquele local. Hoje, o único local disponível para realizações de velórios são as dependências da Câmara de Vereadores. Isso é uma vergonha. O espaço não é apropriado para esse tipo de cerimônia. O deputado Marcius Machado está agilizando na esfera estadual para que sejam liberados recursos financeiros para a construção de uma Capela Mortuária. Entretanto, o município tem que doar um terreno. E essa não é a vontade do prefeito. Ele deseja que seja construída ao lado do Cras”, disse o vereador