Município disponibiliza infraestrutura necessária para a realização do evento em 2018

Representantes da Liga das Escolas de Samba decidirão até esta sexta-feira, dia 22, se participarão ou não do Carnaval 2018

Para viabilizar o retorno de uma das maiores festas populares do Brasil a Lages, a Prefeitura oferece toda a estrutura logística, como sistema de som, arquibancadas, banheiros químicos, segurança, divulgação e tudo o que envolva a parte estrutural para os desfiles do Carnaval 2018.Por orientação do prefeito Antonio Ceron e do vice Juliano Polese, foi realizada na terça-feira uma reunião entre o superintendente da Fundação Cultural, Giba Ronconi, e representantes da Liga das Escolas de Samba de Lages. No encontro, a Prefeitura apresentou a proposta de apoio logístico, mas deixou claro que não haverá repasse de dinheiro público para as entidades interessadas em participar do evento.“Infelizmente não há recursos específicos para repasse às escolas e nem tempo hábil para que todas as entidades se credenciem e atentem para as questões legais. O que a Prefeitura de Lages propõe é toda a ajuda na questão estrutural do evento”, explica Giba Ronconi.A partir da proposta da Prefeitura, as escolas de samba irão decidir sobre a participação ou não do Carnaval 2018. Para o presidente da Liga e também da Protegidos de São Carlos, Luiz Lima Lins, há um consenso sobre as dificuldades enfrentadas pelas prefeituras em todo o Brasil, inclusive Lages.“O próximo passo agora é nos reunirmos e discutirmos de forma democrática a questão, e até sexta-feira daremos nossa posição à Prefeitura e à Fundação Cultural”.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário