Prefeito Ceron convocou coletiva de imprensa para prestar informações detalhadas do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC)

Duas importantes reuniões marcaram os ajustamentos de condutas entre a Prefeitura Municipal de Lages, o Hospital Infantil Seara do Bem e o Hospital Infantil Seara do Bem. A primeira reunião aconteceu no dia 11/11, na Promotoria de Justiça. Lá compareceram: o prefeito de Lages, Antônio Ceron e seu vice Juliano Polese; Agnelo Sandini Miranda, Procurador-Geral do Município; Wilson Ribeiro dos Santos, vice-presidente do Hospital Infantil Seara do Bem; Jean Pierre Ezequiel, vereador; Eder Alexandre Gonçalves, administrador do Hospital-Infantil Seara do Bem; Claiton Camargo de Souza, diretor de Regulação da Secretaria Municipal da Saúde; e Beatriz Rodrigues Montemezzo, diretora da UPA (Unidade de Pronto Atendimento). Na oportunidade, ficou decidido várias realizações, entre elas que: o Município de Lages está adotando todas as providências necessárias para a adequação dos novos fluxos de atendimento pediátrico. E os atendimentos pediátrico serão realizados pela UPA, e os atendimentos de urgência/emergência no HISB (Hospital Infantil Seara do Bem). Ficou definido ainda que todas as informações serão feitas por uma assessoria de imprensa contratada pelo HISB. E, por sua vez, o município de Lages também manterá ampla divulgação através dos principais veículos de comunicação. Também haverá uma referência e contra-referência entra a UPA e o HISB. Já o MP (Ministério Público) dará continuidade ao acompanhamento da situação, tendo em vista o compromisso de ajustamento de condutas celebrado em 2016. Por suas vezes, o município de Lages e o HISB continuarão encaminhando quinzenalmente relatórios de atividades relacionadas às mudanças que estão sendo implantas, até o total transferência do atendimento para a UPA.

Segunda reunião

O prefeito Antônio Ceron convocou uma coletiva de imprensa realizada hoje em seu gabinete, que, segundo ele, para evitar distorções e informações indevidas. O compromisso do município é reforçar o Termo de Ajustamento de Condutas (TAC), já que, é obrigado a oferecer os serviços ambulatoriais de pediatria na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) 24 horas. E os atendimentos de urgência/emergência continuarão no HISB. Na reunião de segunda-feira foram destacados sete principais pontos, devidamente registrados. Por sua vez o prefeito Antônio Ceron, destacou que: “Há muitas informações que estão sendo divulgadas incorretamente. Numa recomendação do Ministério Público, na reunião de segunda-feira, foi de que, em conjunto com o Hospital Infantil Seara do Bem fizéssemos as devidas divulgações, já que, a partir de 14 de janeiro de 202, por imposição legal, o atendimento laboratorial será feito pela UPA, enquanto o de emergência e urgência através do Hospital Infantil Seara do Bem. A imprensa deve saber que é um Termo de Ajustamento de Conduta onde o município está obrigado a proceder o atendimento infantil nas dependências da UPA. Por isso necessitamos de informações corretas. Pretendemos dar um atendimento completo, com mais conforto às nossas crianças. Será feito dentro da lei; porém, com o coração sempre atento para que o atendimento seja cada vez melhor”, observou o prefeito de ages, Antônio Ceron. Por outro lado, é de bom grande que, também assim como a imprensa, faz-se necessário que os vereadores façam a sua parte, principalmente prestando informações verídicas, não distorcendo os fatos. A Prefeitura de Lages está fazendo o que melhor possa para que a determinação do Ministério Público seja realmente cumprida.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário