//Covid-19: Saúde apresenta plano de testagem à Comissão Externa da Câmara

Covid-19: Saúde apresenta plano de testagem à Comissão Externa da Câmara

A Comissão Externa da Câmara que acompanha as ações do Executivo no combate ao coronavírus se reuniu nesta sexta-feira (22), com o secretário municipal da Saúde, Claiton Camargo de Souza. O encontro foi para apresentar como a Prefeitura Municipal, por meio da Secretaria da Saúde, irá executar o plano de testagem populacional para identificar possíveis casos positivos para Covid-19. O cronograma prevê a realização de dois mil testes rápidos IgG-IgM,a partir do dia 1º de junho.

A apresentação foi acompanhada pelos vereadores Mauricio Batalha (Cidadania), Jair Junior (Podemos), Amarildo Farias (PDT) e Lucas Neves (PSL). Também compõem a Comissão os edis Samuel Ramos (Democratas) e Gerson Omar dos Santos (PSD). “A Comissão vem acompanhado as ações das Secretarias Municipais de Assistência Social e Saúde no enfrentamento à Covid-19. Trata-se de um trabalho importante, pois visa fiscalizar o Executivo na execução e na aplicação dos recursos públicos”, destacou o presidente Mauricio Batalha.

Na reunião, a Comissão também sugeriu que a Secretaria inicie o planejamento de uma testagem maior da população. “Solicitamos ao secretário que já providencie um novo registro de preços dos testes para que, em caso de urgência, a secretaria já esteja apta e a compra não ocorra por dispensa de licitação”, ressaltou Batalha.

A previsão de chegada do material para a realização dos testes é dia 28 de maio, próxima quinta-feira, com início de testes para dia 1º de junho (segunda-feira). Os resultados parciais podem sair em 6, 13, 20 e 27 de junho, com resultado final previsto para 4 de julho.  Os objetivos são identificar possíveis casos positivos para Covid-19 em amostragem da população lageana e de grupos específicos, gerando valor estatístico para análise do cenário da pandemia no território, e subsidiar as tomadas de decisões no combate ao novo Coronavírus.

Conforme a metodologia houve a divisão em dois grupos:

Conforme informou a Secretaria de Saúde, a metodologia está fundamentada em realizar dois mil testes rápidos IgG-IgM durante o período de cinco semanas, sendo 400 por semana, com intuito de identificar possíveis casos positivos para a Covid-19 em usuários não submetidos à testagem nos protocolos federais seguidos até o momento. A cada uma das cinco semanas serão realizados 400 testes, portanto, distribuídos 200 para o grupo 01 e 200 para o grupo 02, definidos pela estratégia. Veja abaixo:

Grupo 01 (200 testes):

  • Casos monitorados
  • Familiares de confirmados
  • Colegas de trabalho de confirmados

Grupo 02 (200 testes):

  • Usuários imunodeprimidos (Centro de Testagem e Aconselhamento – CTA)
  • Gestantes (Centro de Estudo e Assistência à Saúde da Mulher – Ceasm)
  • Atendentes de serviços de saúde – clínicas e farmácias (Vigilância em Saúde)
  • Servidores da Prefeitura de Lages com atendimento ao público (Secretaria da Administração)
  • Trabalhadores do sistema funerário (Vigilância em Saúde)
  • Garis e recicladores (Vigilância em Saúde)
  • Comércio em geral (Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL)
  • Supermercados e estabelecimentos alimentícios (Vigilância em Saúde)
  • Pacientes do Hospital de Triagem

Com informações da Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Lages