//Pela segunda vez soldado Bombeiro Militar pratica Ato de Bravura

Pela segunda vez soldado Bombeiro Militar pratica Ato de Bravura

Na segunda-feira, dia  01 de junho, por volta das  18h36min, no bairro São Francisco, em Lages, o Soldado Bombeiro Militar, Juliano Vieira Machado,( Machado), como ele é conhecido na corporação  lotado no Corpo de Bombeiros de  Correia Pinto, a 11 anos em exercício da função, num ato de bravura salvou a vida do seu vizinho de nome Romário, que estava sendo alvejado por projéteis de uma arma de fogo por ocupantes de um carro Gol preto que estavam em sua  perseguição.

O Soldado Bombeiro Machado, depois de despedir-se de um amigo que estava em sua casa, passados alguns minutos resolveu ir fechar o portão, quando chegou o vizinho em um outro veículo entrando rapidamente. Neste momento, chegou um veículo Gol preto, parou, começaram pregou fogo em Romário, o qual foi alvejado no braço.

Possivelmente, os ocupantes do veículo ao focar o farol no Soldado Machado perceberam que ele estava armado e saíram em disparada rumo ao Morro do Posto pela rua Heitor Villas Lobo.  “Aguardei mais uns minutos, e percebi que os ocupantes do Gol não voltaram, foi quando então  me dirigi até à residência do vizinho Romário  e notei que estava baleado. Contive a hemorragia. Liguei ao Cobom e o plantonista era o Sgt Lunardi. Solicitei uma viatura do ASU. Respondi que não havia necessidade de uma viatura policial. Porém, passaram dois minutos resolvi pedir pela presença policial. Compareceu uma viatura da Rocam.  Depois de passar a ocorrência ao pessoal do ASU voltei para minha residência, até porque começou juntar a presença de curiosos e formar uma aglomeração.  De uma coisa estou certo, se não fosse a minha presença no ato, de arma em punho, os atiradores poderiam dar a continuidade à ação criminosa, eliminando a vida do meu vizinho.  Meu intuito foi apenas o de salvar a vida de Romário. Mesmo porque, competia à Polícia Militar todo e qualquer providência, eu sou Bombeiro.  O vizinho registrou Boletim de Ocorrência na Polícia Civil. Também há testemunhas e a gravação através da Câmera existente no local”, frisou o Soldado Bombeiro Machado.

Vocação de salvar vidas

Realmente a atitude do Soldado Bombeiro Juliano Vieira Machado, merece, além dos encômios verbais, ser alvo de registro nos anais da história o seu ato de bravura para salvar a vida de um semelhante. Aliás, parece que o destino deste militar  é mesmo salvar vidas. Tanto pela sua vocação natural, como também no exercício das funções de Bombeiro Militar. Em 2013, numa ação rápida e decisiva, a sua intervenção num acidente de trânsito ocorrido na rua Heitor Villa Lobos  salvou vidas evitando uma tragédia no bairro São Francisco.  A Câmara de Vereadores, numa proposição do vereador Gerson, MDB, reconheceu o Ato de Bravura.  Numa homenagem realizada no Gabinete da Presidência do Poder Legislativo de Lages foi homenageado com uma Placa Honorífica.  Espera-se que, novamente, a ação de coragem e de amor ao semelhante, o militar Bombeiro, seja reconhecido, de fato e de direito pelo Ato de Bravura praticado pela segunda vez. Não é uma arma que faz o cidadão ser um exemplo na sociedade; e sim, a sua coragem e amor para salvar uma vida. É uma vocação divina!