Prefeitura construirá ciclovia de cinco quilômetros de extensão, no acesso Norte

“É um investimento próximo de R$ 1 milhão, obra de melhoramento da infraestrutura urbana, interligando por ciclovia os bairros Maria Luiza Jardim das Camélias e Restiga Seca e que facilitará o deslocamento dos ciclistas por uma extensão de cinco quilômetros do acesso Norte à cidade” – prefeito Antonio Ceron

Nesta sexta-feira (7 de agosto) o prefeito Antonio Ceron, o vice Juliano Polese e o secretário de Planejamento em Obras João Alberto Duarte, assinaram ordem de serviço para a construção de ciclovia na avenida Juscelino Kubitschek, numa extensão de 5,15 mil metros, desde a altura do trevo de entroncamento com a avenida João Goulart até o trevo de acesso à BR-116.

A empresa vencedora da licitação para execução desta obra, a Branger Engenharia Ltda, tem prazo de quatro meses para entregar a obra concluída, mas o engenheiro responsável, Dieferson Branger, afirma que em menos de 60 dias a ciclovia ficará pronta.

O prefeito Antonio Ceron disse que esta obra atende um pedido do grupo de ciclistas e do vereador, Gerson Omar dos Santos, ele que também pratica o esporte e é conhecedor da necessidade de implantação de dessa infraestrutura viária na movimentada avenida de acesso Norte à cidade de Lages. “É um investimento próximo de R$ 1 milhão,obra de melhoramento da infraestrutura urbana, interligando por ciclovia os bairros Maria Luiza Jardim das Camélias e Restiga Seca e que facilitará o deslocamento dos ciclistas por uma extensão de 5 quilômetros do acesso Norte à cidade”, destaca Ceron.

“Lages tem cerca de 2 mil ciclistas e esta obra é necessária por um questão de segurança no trânsito. A Juscelino Kubitschek é uma via muito utilizada pelos ciclistas e a obra contempla projeto de melhoria na mobilidade urbana”, fala Gerson.

Já o ciclista, Leandro Correa, diz que o trânsito por esta avenida é muito perigoso devido ao grande fluxo de caminhões. “Para aqueles ciclistas iniciantes é um pouco arriscado andar hoje pela Juscelino Kubitschek, pois o pessoal (motoristas) não respeita tanto quem está andando de bicicleta”, declara o ciclista. “Com uma ciclovia, com certeza haverá segurança no trânsito e melhoria na mobilidade urbana”, fala Leandro Correa.

A obra compreende inicialmente a regularização do subleito da faixa delimitada da ciclovia. Haverá colocação de brita graduada com espessura de 13 centímetros e revestimento em CAUQ (concreto asfáltico usinado a quente), com espessura de três centímetros. Será feita a marcação de ciclovia ao longo da via e a implantação de tachão bidirecional (separador de via). Também será implantada a marcação de faixa exclusiva, na cor branca.

Especificações Técnicas da Obra

Largura da pista – 2,50 metros;

Extensão – 5,15 quilômetros;

Área Pavimentada – 12.900,00 metros quadrados;

Investimento – R$ 888.542,72;

Empresa Executora – Branger Engenharia Ltda;

Prazo de Execução – em até quatro meses a contar da data assinatura da ordem de serviço;

Texto: Iran Rosa de Moraes

Fotos: Ari Junior e Amarildo Volpato

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!