Deputado Marcius Machado cobra distribuição de remédio para tratamento contra o câncer

Desde 2012 o Sistema Único de Saúde (SUS) oferta o medicamento Trastuzumabe para pacientes com câncer de mama, sendo um aliado na prevenção do avanço da doença. O deputado Marcius Machado (PL) está cobrando da Secretaria de Estado da Saúde a distribuição do medicamento, que segundo relato de pacientes, está em falta.

Uma das pacientes relatou ao deputado que está sem fazer o tratamento, pois a medicação em falta na Unidade de Alta Complexidade (Unacon) do Hospital Tereza Ramos, em Lages. A mulher relata que está com duas aplicações atrasadas e, ao procurar ao hospital, recebe a informação de que não há mais doses do remédio.

O deputado Marcius Machado enviou uma Indicação ao Governo do Estado sugerindo o restabelecimento urgente do fornecimento do medicamento. Ele também é autor de uma Moção de apelo ao Fórum Parlamentar Catarinense pela liberação do medicamento que é usado para o tratamento contra o câncer de mama, e para que seja realizada a distribuição aos municípios que não estão recebendo esse medicamento.

O Trastuzumabe é considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como um dos medicamentos essenciais para combater o câncer e mudou a forma como o câncer de mama é tratado em diversos países. Esse medicamento começou a ser oferecido no SUS em 2012, mas, até então, apenas para tratar pacientes com câncer de mama nos estágios inicial e localmente avançado. Em 2018, o SUS passou a disponibilizar o tratamento para pacientes com câncer de mama metastático do subtipo HER2+. O câncer de mama é o tipo de tumor mais frequente em mulheres no mundo e no Brasil, depois do câncer de pele não-melanoma, e corresponde a 28% dos novos casos de câncer.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!