Câmara vota recomposição dos salários dos vereadores e dos servidores

O Projeto foi lido e apreciado na Sessão Ordinária de terça-feira, o qual prevê a reposição salarial dos vereadores em 2,07% dos vencimentos; enquanto dos servidores do Legislativo foi de 4%. Diga-se de passagem que os servidores já tem um Vale de Alimentação de R$ 700 reais. Os vereadores, Jair Júnior, PSD, Bruno Hartmann, PSDB, e Lucas Neves, PP, foram contra o reajuste. Enquanto os vereadores, Maurício Batalha, PPS e David Moro foram favoráveis ao reajuste, os quais disseram para que “os que acham que não merecem reposição salarial, que não recebam o reajuste. Que devolvam esse valor”. E como na poderia deixar de ser, o vereador Vone arrumou um bode expiatório para chorar as mágoas. Desta vez foi a imprensa dizendo: “só faz cortesia com o chapéu alheio”. Por falta de argumento convincente atacam a imprensa. Uma falta de respeito com o segmento que representa o quarto poder da democracia.

Os vereadores que votaram contra foram: Lucas Neves; Aydamar Hoffer; Bruno Hartmann; Jair Júnior; Osny Freitas e Amarildo Farias. O vereador Thiago esteve ausente. O Projeto foi aprovado.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário