Setembro Amarelo: Campanha de prevenção ao suicídio

A ABP e o COM está divulgando o documento elaborado em 2017 que serve para orientar a sociedade sobre a participação na Campanha de Prevenção ao Suicídio, assim como utilizar corretamente os materiais de utilidade pública produzidos, e de que maneira incentivar o Setembro Amarelo em cada região, destinados a pessoas físicas, empresas e demais parceiros que desejam atuar junto ÀBP e ao CFM na diminuição do  estigma e, consequentemente, na prevenção ao suicídio.

Taxas elevadas

Diversos fatores podem estar relacionados ao suicídio; entre eles, sócio   culturais, genéticos, filosóficos e existenciais e ambientais. Também situações como ansiedade, depressão e desesperança são fatores que podem aumentar os riscos desses acontecimentos indesejáveis. Entretanto, é bom lembrar que as taxas de suicídio também são elevadas em grupos vulneráveis que sofrem discriminações, como refugiados e migrantes, indígenas, LGBTI e pessoas provadas de liberdade.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!