Rua Cirilo Vieira Ramos está na fase de escavações

Após a conclusão da fase de drenagem, com substituição e ampliação em 100% da capacidade da tubulação, iniciou a preparação do solo com escavações, que chegam até dois metros. Encerrada esta fase, o local receberá espessa camada de pedra detonada, macadame, pó brisco, para travamento e o acerto final para o adensamento do solo. Com a realização destes serviços, o local receberá imediatamente a primeira camada de asfalto até a avenida Do Pedro II, a exemplo do que já ocorreu no trecho entre a rua Padre Diogo Feijó até a avenida Paulo Heiden (Ponte do Caça e Tiro). Esta etapa das obras, deverá levar cerca de 10 a 15 dias, devido a sua complexidade de engenharia.


Por ser um terreno com solo mole, definido pela engenharia como inservível. O local serviu durante décadas como um depósito de serragem, devido a grande quantidade de madeireiras (serrarias) instaladas, que impediu ao longo dos mais de 50 anos o adensamento definitivo do solo. Foram realizadas 57 medições pelo uso da técnica “Viga Benkelman,, cujo o resultado ideal deve ser inferior a 100. Naquele trecho apenas cinco pontos apresentaram este índice, os demais variaram entre 254 e 459 deflexões, que é a capacidade de movimento do solo conforme a carga de força que recebe. Serão asfaltados 1.510 metros(1,5 quilômetro).
Antigo Calçamento
Conforme prevê o projeto, o paralelepípedo retirado de toda a extensão está sendo transportado para o estoque, onde será reutilizado para pavimentar ruas no bairro Caça e Tiro e no entorno.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!