Boletim epidemiológico semanal, atualizado na manhã desta segunda-feira

A Secretaria Municipal da Saúde de Lages atualizou na manhã desta segunda-feira (14 de setembro) os dados do boletim epidemiológico, que traz informações detalhadas sobre o cenário da Covid-19 no município.

Apesar da a cidade ter atingido a marca dos três mil casos confirmados na sexta-feira (11), o índice de pacientes recuperados aumentou proporcionalmente, à medida que os casos ativos da doença diminuíram.

O município registra nesta segunda-feira, 3.028 casos confirmados, aumento de 4% em relação à semana passada. Em paralelo o número de testes realizados também aumentou 6%. O índice de pacientes recuperados saltou para 2.798, aumento de 7% em relação à semana anterior. Apenas nove pessoas aguardam resultado do exame, sendo que na semana passada esse número era de 57, o que representa queda de 84%.

Outro dado importante de ser observado é que Lages está com 164 casos ativos, queda de 23% em relação à semana anterior. O número de pessoas monitoradas pela Secretaria Municipal da Saúde é de 945, na semana passada eram 1.466, o que indica uma queda de 35%.

Durante a apresentação dos dados, feita de maneira on-line, o secretário Municipal da Saúde, Claiton Camargo de Souza, enfatizou que nas últimas semanas o cenário tem apresentado tendência de redução da Covid-19. “Estamos acompanhando a queda gradativa na curva dos casos confirmados e os números estão mais estabilizados, mas isso não é motivo para nos descuidarmos. As primeiras batalhas estão sendo vencidas, mas a guerra continua”, afirma.

Outro dado que mostra desaceleração da pandemia na cidade, são os índices de atendimentos no Centro de Triagem da Covid-19, que funciona desde o mês de março no prédio do antigo Pronto Atendimento Tito Bianchini, no Centro. Neste final de semana 122 pessoas procuraram atendimento no local, sendo 70 no sábado (12 de setembro) e 52 no domingo (13). O número representa uma redução de 40% em relação à procura registrada no último final de semana do mês de agosto.

Ainda neste início de semana, a Serra Catarinense consta no Mapa da Avaliação de Risco Potencial com o status de “potencial grave” por parte do Governo do Estado de Santa Catarina, juntamente com outras 11 regiões. A expectativa é que nesta semana o Centro de Operações de Emergência em Saúde (COES), atualize o cenário e a região serrana saia desse patamar.

O Governo do Estado deverá divulgar nos próximos dias uma nova portaria com regras para retomada de atividades econômicas no setor de eventos e esporte. O Município aguarda essa publicação oficial para definir quais ações serão tomadas no âmbito local.

Texto: Flávio Fernandes

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!