População de Lages pode se vacinar contra a Febre Amarela

Mesmo no período de pandemia do novo Coronavírus a comunidade pode se deslocar às Unidades de Saúde para a vacinação contra a Febre Amarela

Até o final de setembro deste ano, a Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive/SC) contabilizava 86 casos de macacos mortos em decorrência da Febre Amarela, no Estado. Casos recentes registrados em municípios do Alto Vale do Itajaí deixam em alerta a região serrana de Santa Catarina.

As mortes dos macacos (epizootia), animais que vivem nas matas, o mesmo ambiente do mosquito transmissor da Febre Amarela, sinaliza para a necessidade da vacinação.

A Central de Vacinas da Secretaria Municipal da Saúde, em Lages, atende no período das 7 horas às 17 horas, de segunda a sexta-feira. Nas Unidades Básicas de Saúde também é aplicada a vacina, porém somente através de agendamento. “Podem ser vacinadas pessoas a partir dos nove meses de idade até os 59 anos de vida. Adultos, uma vez imunizados, não precisam tomar uma segunda dose. Só não podem ser vacinadas as pessoas com doenças crônicas”, explica a coordenadora de Imunização da Secretaria da Saúde, Juliana Barbosa.

Texto: Iran Rosa de Moraes

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!