Coronavírus: Município apresenta balanço detalhado das ações de prevenção e combate à Covid-19 para diretoria da ACIL

Secretário Municipal da Saúde, Claiton Camargo de Souza explanou sobre os indicadores analisados diariamente pelo Município e as estratégias que vêm sendo adotadas no combate à doença nesses oito meses de pandemia.

A convite da Associação Empresarial de Lages (ACIL), o secretário Municipal da Saúde, Claiton Camargo de Souza, esteve na segunda-feira (9 de novembro), na reunião da diretoria da entidade, apresentando um balanço detalhado sobre a pandemia do novo Coronavírus (Covid-19), em âmbito municipal e as estratégias que vêm sendo adotadas ao longo dos últimos meses pelo poder público. A reunião presencial contou com a participação de um número limitado de pessoas, conforme preveem as normas sanitárias, e foi transmitida simultaneamente pela internet para os demais membros da diretoria da ACIL. “É uma oportunidade de repassarmos à classe empresarial da nossa cidade, de forma transparente, o balanço do que estamos fazendo, enquanto agentes públicos. Entendemos que as ações de combate à pandemia precisam ser tratadas sob o ponto de vista da saúde, sem esquecer do viés econômico ”, explica o secretário.

Durante a explanação, Claiton ressaltou a importância do Centro de Triagem da Covid-19, que chegou na segunda-feira (9) à marca de 18.597 atendimentos, desde a abertura no mês de março. A ACIL foi uma das entidades fundamentais na organização da campanha que arrecadou recursos para viabilizar a montagem da estrutura no prédio que antes abrigava o Pronto Atendimento Tito Bianchini.

Documento enviado aos representantes dos municípios da região

Na última semana, o COES Regional Serra Catarinense Covid-19, enviou um documento aos prefeitos e autoridades em saúde da região da Amures, orientando que as ações de prevenção e combate ao Coronavírus, sejam intensificadas. O documento foi elaborado pelo grupo, em virtude do crescimento exponencial do número de casos positivados nos municípios da região. “Emitimos o alerta aos municípios da Amures, para que cada gestor analise sua situação referente aos casos da Covid-19, compreendendo que isto gera um impacto a nível regional. Queremos evitar ao máximo uma eventual segunda onda”, acrescenta.

No cenário regional dos últimos quinze dias é possível constatar crescimento de casos confirmados da doença. “As pessoas, de certa forma, relaxaram nos cuidados básicos, como exemplo, uso da máscara facial, que diminui, e muito, os riscos de transmissão da Covid-19”, afirma.

Conforme um dos indicadores analisados pelo Município, o perfil de agravamento nos pacientes de Lages mostra que, apesar de o índice de confirmações ser maior nas mulheres, a taxa de óbitos é mais comum nos homens. Outra informação apurada com base nos dados epidemiológicos, é que a maior parte dos óbitos está concentrada na faixa etária acima dos 60 anos, cujos pacientes apresentam histórico de doenças crônicas ou fator de risco associado, como, por exemplo, hipertensão e diabetes.

O presidente ACIL, Carlos Eduardo de Liz ressaltou a importância de estreitar as proximidades entre os empresários e o poder público municipal. “Temos a preocupação que o empresário seja prejudicado com novas restrições, caso o cenário piore. Entendemos que as empresas estão tomando os devidos cuidados e convidamos o secretário Claiton para entender de que forma podemos contribuir e que tipo de mensagem temos que levar aos nossos associados”.

Ainda na segunda-feira (9), antes do encontro na ACIL, o Chefe do Executivo municipal foi informado durante reunião no gabinete com representantes da Central de Regulação, direção dos hospitais Tereza Ramos e Nossa Senhora dos Prazeres, da Regional de Saúde e da Secretaria Municipal da Saúde, que os servidores do Hospital Tereza Ramos que estavam de férias, retornariam ao trabalho, sendo possível então remanejar alguns leitos clínicos para atender pacientes da Covid-19.

Prevenção deve ser constante

O secretário Municipal da Saúde, Claiton Camargo de Souza ressaltou durante a reunião na ACIL, a recomendação para que as pessoas mantenham o distanciamento social, uso da máscara facial, higienização das mãos com álcool em gel, além de seguir as demais orientações e recomendações das organizações de saúde.

Foto: Flávio Fernandes

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!