Município de Capão Alto inova no segmento da Educação

O município de Capão Alto foi um dos poucos da Região Serrana, ou quem sabe, o único a terminar o ano de 2017 com as contas em dia, e um saldo de caixa positivo na ordem de R$ 1,5 milhão de reais, ao findar o primeiro ano de mandato do prefeito Tito Freitas e do vice José Ivanir, “Zezo”. Essa foi uma das façanhas conseguidas pelo titular da  Secretaria Municipal de Finanças, Rodrigo Pereira, o qual fez a seguinte observação: “fomos rígidos na economia, conseguimos manter a folha de pagamento em dia, adiantamos o 13º salário e a folha de pagamento, injetando na economia durante o mês de dezembro, R$ 2 milhões de reais, e uma economia em combustível em torno de 20%, além de fecharmos o ano com o índice dentro da lei exigida pelo Tribunal de Contas”, observou o secretário Rodrigo Pereira, enfatizando ainda que,  “outro ponto positivo foi a antecipação no pagamento de fornecedores, permitindo iniciar o ano de 2018 praticamente sem contas”, disse o secretário de Finanças.

Educação: contenção de gastos:

Rodrigo Pereira, acredita que, devido ao bom trabalho desenvolvido como titulas das Finanças do município, tenha sido o motivo de partir do prefeito Tito Freitas, o convite para que viesse a atuar junto com a professora Mirtes na coordenação da Educação. Aceitando o convite do prefeito, Rodrigo Pereira levou em consideração a seguinte metodologia: “designar as pessoas certas nos locais certos e contar com o apoio de pessoas comprometidas com a educação, é o que irá gerar os bons resultados nesse setor”, alerta Rodrigo Pereira.

Três são os estabelecimentos escolares que perte3ncem à rede municipal de alunos, as quais, juntos atende aproximadamente 450 alunos. São elas: a Escola Belizário José Luiz, situada na localidade de Vacas Gordas; a Escola Valmor Antunes dos Santos e a Creche Dona Alice. Para tomar conhecimento das situações de cada estabelecimento de ensino, os gestores iniciaram por uma avaliação de cada uma delas. Começaram pela Escola Belizário José Luiz. “O prefeito repassou um cronograma e conseguimos realizar as melhorias dentro do prazo, antes de iniciar o ano letivo que iniciou em 15/02/2018.”, explicou Rodrigo Pereira.Para melhorar a infra estrutura das escolas foram realizadas pinturas internas e externas nas 12 salas de aula, reformas dos banheiros, melhorias nos acessos de alunos até ao local de alimentação, reforma na parte elétrica da quadra de futsal, revisão geral dos computadores e reformas das lousas digitais, compra de quadros novos e bebedouros para professores e alunos, melhorias na Internet com acesso nas salas de aula, implantação do aplicativo Skype para a direção e secretarias das escolas, com instalação de um canal direto de troca de informações em tempo real, além da quadra de areia que está sendo construída na escola.

Integração: pais, alunos e professores

Segundo Rodrigo Pereira, para breve será construída uma passarela de acesso entre as salas, direção e refeitório, evitando problemas no dia de chuvas. Uma preocupação do gestor é aproximar a escola com a família dos alunos, promovendo a integração de professores, pais e alunos e a secretaria. “Precisamos interligar as famílias e a escola, isso seria um canal de comunicação onde diversos assuntos em desenvolvimento seriam tratados, como: aulas, boletins, etc. Para isso será realizada uma reunião com os pais para valiar as diferentes realidades vividas pelos alunos, inclusive com acesso à Internet, computador e outras tecnologias. Precisamos ter uma visão do que é necessário para a educação e essa troca de informações com os pais e responsáveis é fundamental para o bom andamento, além de envolver ainda mais os alunos no processo ensino/aprendizagem e na rotina das escolas”, informou o gestor Rodrigo.

Em breve, outros melhoramentos:

Visando a melhoria da educação, como um todo, a atual administração já tem um projeto que pretende fazer em parceria com o Badesc para a compra de quatro micro ônibus e novos carros para a educação no valor de R$ 850 mil reais, ainda no decorrer do ano em curso. Por sua vez, a gestora Mirtes destaca os trabalhos voltados ao segmento pedagógico, com atuação junto aos professores que tiveram a liberdade de escolher suas turmas, além de palestras, cursos e capacitações que terão em 2018. A rede municipal conta com 40 professores, e de acordo com as necessidades  novos profissionais serão contratados para atuarem em turmas que necessitam de acompanhamento específico. Segundo a gestora Mirtes, são 5 turmas.

Para a área de Esportes e Cultura serão propiciados novos incentivos. Cada aluno receberá um Kit Escolar em todas as séries. A Creche recebeu Agendas. “Estamos dando o suporte e autonomia para os diretores das instituições desenvolverem uma educação de qualidade” observou Mirtes. Nas coordenações das escolas estão as seguintes profissionais: Diretora da Escola Belizário José Luiz, Otália Silva Lima; Diretora da Escola Valmor Antunes dos Santos, Solange de Lourdes R. da Silva; e, diretora da Creche, Suzana de Jesus.

Também tiveram participações e apoiaram as iniciativas dos gestores, o diretor de Transportes Nilvo Dal’Lago; o diretor de Esportes Adair dos Santos Moreira e o diretor de Obras, Luiz Paulo da Silva. Assim como o do incansável apoio do vice prefeito José Ivanir (Zezo) e da secretaria de Urbanismo e de Administração.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário