Câmara de Lages realizará sessões itinerantes em março e abril

    

As sessões itinerantes são reuniões promovidas fora do prédio da Câmara Municipal. Os encontros visam aproximar à comunidade do Poder Legislativo, especialmente às localidades mais distantes para que conheçam os trabalhos e projetos debatidos pelos vereadores. Para reforçar esse propósito, a Câmara de Lages promove nos dias 15 de março e 25 de abril duas sessões no interior do município.A primeira delas, aprovada no requerimento 019/2018, do vereador Lucas Neves (PP), acontecerá na localidade de Rancho de Tábuas, às 15h, no salão paroquial da comunidade. Já para abril, o vereador João Chagas (PSC), juntamente com os vereadores Ivanildo Pereira (PR), José Amarildo Farias (PT) e Thiago Oliveira (MDB), tiveram aprovado o requerimento 029/2018 para realização da reunião legislativa com os moradores do distrito de Santa Terezinha do Salto. O encontro será no dia 25 de abril, no salão da igreja da comunidade Salto Caveiras, às 19h30. 

Agende-se:

O quê: Sessão Itinerante da Câmara de Lages

Dia: 15 de março de 2018

Onde: Rancho de Tábuas e região

Local: Salão paroquial da comunidade

Horário: 15h

O quê: Sessão Itinerante da Câmara de Lages

Dia: 25 de abril de 2018

Onde: Santa Terezinha do Salto

Local: Salão da Igreja do Salto Caveiras

Horário: 19h30

Capela mortuária para o bairro Vila Mariza é reivindicada na Câmara Municipal

A comunidade do bairro Vila Mariza, através de um abaixo-assinado, coletou aproximadamente 600 assinaturas reivindicando a construção de uma capela mortuária. Para reforçar e contribuir com a iniciativa dos moradores, a moção legislativa 029/2018, apresentada na segunda-feira (26) pelo vereador Lucas Neves (PP), recomenda à Prefeitura de Lages o estudo de viabilidade para celebração de um convênio com o governo estadual, através da Agência de Desenvolvimento Regional, que possibilite a construção de tal edificação.

A matéria destaca, inclusive, que existe a disponibilidade de área pública que comportaria a estrutura de uma capela mortuária dentro dos preceitos legais. Aprovada na Câmara de Lages, o documento segue para análise do prefeito Antonio Ceron (PSD) e do governador do Estado, em exercício, Eduardo Pinho Moreira (MDB).

 

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário