Aprovado requerimento com perguntas sobre a situação do voo de Lages

No dia 28 de junho de 2016, por volta das 15h30, aterrissava no Aeroporto Federal Antônio Correia Pinto de Macedo o voo inaugural da Linha Campinas-Lages. O feito foi comemorado em todo o planalto catarinense, já que Lages voltava a ter uma linha comercial aérea direta para um grande aeroporto (Viracopos em Campinas-SP) e oferecia aos passageiros mais de 50 opções de conexões diretas para todas as regiões do Brasil e o exterior. Atualmente, as decolagens do avião da Azul ocorrem as segundas, quartas, sextas e domingos.

No entanto, uma situação tem gerado reclamações por parte dos usuários, que procuraram o gabinete do vereador David Moro (MDB) e relataram que muitos voos não têm decolado de Lages, sendo os passageiros levados às cidades de Florianópolis, Curitiba e Porto Alegre para pegarem seus respectivos aviões. Para sanar dúvidas a respeito, David apresentou na Câmara o requerimento 023/2018, com perguntas sobre a atual situação dos voos no município.

Encaminhado ao diretor de Planejamento e Alianças da Azul, Marcelo Bento, e aos diretores administrativos do aeroporto de Lages, Klaus Klinger e George Picinatovão, a matéria indaga sobre os locais de destino, os horários e dias de decolagem dos voos da Azul; quais os motivos para cancelamentos dos voos que não saíram de Lages; como está sendo realizado o translado dos clientes para outros aeroportos; e se existe um custo extra aos passageiros por este serviço.

“Nosso requerimento tem como finalidade trazer respostas e informar a população sobre esta situação. Esperamos que seja resolvida o mais breve possível, pois os clientes estão sendo prejudicados com este fato, pois efetuam a compra das passagem, programando sua viagem em um determinado dia para chegar no horário de seus compromissos em outra cidade, sem atrasos, ou imprevistos, no entanto, quando chegam ao local da decolagem, são transportados via terrestre para embarque em outra cidade”, justifica o vereador David no documento legislativo.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!

Deixe um comentário