Carmen defende equidade na distribuição de vacinas em conferência internacional de Harvard sobre a Covid-19

A deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania/SC) participou na tarde dessa quinta-feira (25) como painelista na conferência virtual internacional “Lemann Dialogue 2021” para debater a crise da Covid-19 no Brasil e defendeu a equidade na distribuição de vacinas.

“O mundo precisa ter um olhar mais global para essa situação das vacinas. A gente não pode vacinar um único país e negligenciar os demais que estão vivendo uma situação mais complexa, como é o caso do Brasil neste momento”, afirmou Carmen.

O “Lemann Dialogue” é uma conferência anual sobre o Brasil, organizada em colaboração entre as quatro universidades parceiras da Fundação Lemann (Columbia, Harvard, Illinois e Stanford), para apresentar pesquisas, estabelecer conexões entre instituições e conectar acadêmicos e especialistas em políticas públicas.

“Se nós não tivermos um olhar diferenciado, nós vamos estar condenando o planeta, o mundo, a ter sequelas que podemos não conseguir recuperar futuramente”, alertou a parlamentar.

O evento, que reuniu acadêmicos, professores e pesquisadores da Fundação Lemann, também contou com a apresentação de especialistas como Frances Hagopian (Harvard), Lorena Guadalupe Barberia (USP/FGV), Mariana Batista (UFPE/Oxford) e o governador do Maranhão, Flávio Dino, com intermediação de Otaviano Canuto (USP).

A conferência deste ano foi organizada pelo Instituto de Estudos Latinos Americanos David Rockefeller Center.

Foto: Assessoria Carmen Zanotto

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!