Projeto de coleta do lixo eletrônico será reiniciado nas unidades de ensino municipais

Essa iniciativa visa promover a coleta e o correto descarte do lixo eletrônico e contará com a participação de quatro Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs), escolhidas para atender as regiões da cidade

Em reunião realizada na tarde desta quarta-feira (28 de abril), foram retomadas as ações do projeto de coleta de lixo eletrônico nas unidades de ensino do Sistema Municipal da Educação. Estiveram presentes a secretária da Educação, Ivana Michaltchuk, o secretário da Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa), Jurandi Agustini, o diretor de resíduos sólidos, Milton Matias Filho, a diretora de ensino, Andressa Alves e o presidente da Câmara de Vereadores, Gerson dos Santos.

O projeto de coleta de lixo eletrônico teve início em fevereiro de 2020, mas devido à pandemia da Covid-19 e com a suspensão das atividades pedagógicas presenciais suspensas, as ações foram adiadas. Essa iniciativa visa promover a coleta e o correto descarte do lixo eletrônico e contará com a participação de quatro Escolas Municipais de Educação Básica (Emebs), escolhidas para atender as regiões da cidade. Sendo elas: Emeb Mutirão, no bairro Habitação, Emeb Osni de Medeiros Régis, no Tributo e também os Caics Nossa Senhora dos Prazeres, no bairro Santa Catarina e Irmã Dulce, no Guarujá.

Com a retomada das atividades pedagógicas presenciais neste ano, o projeto será reiniciado com a distribuição das caixas coletoras, PEVs, nas unidades de ensino com auxílio da Semana e também, com a sensibilização da comunidade escolar no correto descarte dos lixos eletrônicos. “O cuidado com o meio ambiente é parte dos componentes curriculares desenvolvidos na educação básica da cidade de Lages, demonstrando às crianças e estudantes que esses cuidados são essenciais para a vida de
modo geral”, relata a secretária Ivana.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!