Amures acolhe moção de vereador por Centro Reabilitação Pós-Covid

Moção proposta pelo vereador Heron Anderson de Souza (PSD), de criação de um Centro Especializado de Reabilitação Pós-Covid 19 e Doenças Crônicas, através da Associação dos Municípios da Região Serrana –AMURES, será apresentada aos prefeitos na próxima assembleia ordinária, prevista para maio.

O documento foi protocolado na associação de municípios esta semana, depois de ter sido aprovado em plenário por unanimidade na terça-feira (27). O secretário executivo da Amures, Walter Manfroi, disse que a moção será levada primeiro ao presidente da entidade, prefeito de Capão Alto Tito Pereira Freitas.

“Já incluímos a proposta do Heron Anderson na pauta da próxima assembleia de prefeitos e vamos submeter ao colegiado para dar uma resposta ao vereador”, informa Walter Manfroi. A justificativa da moção é de que o Centro de Reabilitação poderá ajudar na recuperação de pacientes que foram vítimas da Covid-19, bem como pacientes sequelados de doenças crônicas.

A diretora executiva do Consórcio Intermunicipal de Saúde – CIS-Amures, Beatriz Rodrigues Bleyer, também encaminhará a moção à prefeita de Urubici Mariza Costa, que preside a entidade. Ela avalia como muito importante dar esse suporte aos pacientes pós-Covid, para reduzir o máximo possível as sequelas e a demanda ao sistema público.

De acordo com o autor da proposta, o Centro de Reabilitação poderá atender à pacientes de toda Serra Catarinense. “São vários tipos de sequelas que podem aparecer depois da doença e essas pessoas precisarão de referência para atendimento”, justifica o vereador, que é médico.

No entendimento dele, o ideal é que a unidade disponha de equipe composta por fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, fonoaudiólogos, educadores físicos, nutricionistas e psicólogos. E que possam estar à disposição para atender a população que teve alguma complicação por conta da Covid-19 e que precisa de avaliação, orientação e acompanhamento.

No Centro de Reabilitação serão tratadas tanto implicações motoras, respiratórias e emocionais, como fadiga crônica, perda de massa muscular ou atrofia muscular devido à internação hospitalar, sequelas na voz, dificuldade de respiração, depressão e dentre outras, ansiedade.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!