Carmen é exonerada do comando da Saúde em SC e retorna a Brasília

Após passagem relâmpago de menos de 40 dias no Governo do Estado, a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania) retorna a Brasília. A parlamentar foi exonerada do cargo de secretária de Estado da Saúde, pelo governador Carlos Moisés, que recuperou o cargo de governador após ser absolvido em julgamento em tribunal, na sexta-feira (7). O governador foi inocentado do crime de responsabilidade na compra fraudulenta de 200 respiradores. André Motta Ribeiro retorna ao comando da saúde catarinense.

Em suas redes sociais, Carmen comentou a mudança. “Ciente do meu dever como cidadã e técnica, aceitei assumir a Secretaria de Estado da Saúde em um momento difícil, a convite da governadora interina Daniela Reinehr. Busquei auxiliar na coordenação e execução da política pública de saúde, em especial na gestão desta grande crise sanitária, e me empenhei em gerir a pasta com o mesmo senso de responsabilidade que sempre pautou a minha trajetória”, escreveu.

A enfermeira lageana comentou que “foram dias intensos, desafiadores, mas cumpri a missão com a certeza de ter ao lado uma equipe competente e dedicada. Registro aqui minha gratidão, mais uma vez, a todos que têm como função, direta ou indireta, cuidar das pessoas. A todos que sabem que uma pessoa não é só uma pessoa, mas o amor de alguém”, acrescentou.

Carmen ainda declarou que volta a Brasília para continuar a contribuir no combate a Covid-19. “Agradeço a todos pela confiança e o meu trabalho não para. Retorno à Câmara Federal para continuar a contribuir no combate à Covid-19 e a defender as pautas de Santa Catarina e do Brasil. Obrigada de coração a todos que estiveram ao meu lado, incansáveis, durante todo esse período. Desejo sucesso ao governo e ao gestor de saúde. O sucesso do governo é o sucesso do seu povo”.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!