Capão Alto e Cerrito recebem diagnóstico turístico da Amures

Depois do atraso de mais de um ano devido a pandemia da Covid-19, foi retomado pelas Assessorias de Turismo, Comunicação e Tecnologia da Informação da Amures, o Levantamento de Pontos e Potencialidades Turísticas da Serra Catarinense. E mais dois diagnósticos foram concluídos e entregues esta semana, aos municípios de Capão Alto e São José do Cerrito.

Em ambos, o levantamento havia iniciado em 2019 e a devolutiva se consolidou apenas agora com participação dos prefeitos, vereadores, secretários municipais, representantes de entidades e empreendedores do turismo e agronegócio. A devolutiva foi coordenada pela assessora de Turismo Ana Vieira e o secretário executivo da Amures Walter Manfroi.

O primeiro município a receber o levantamento foi Capão Alto na manhã de quarta-feira (19). Lá foram identificados 34 pontos como hotéis, fazendas, pousadas, locais de contemplação, paisagens, agroindústrias e até pontos para turismo de aventura. “Esse levantamento vai despertar em nossa administração ações mais fortes de fomento ao turismo e o compromisso de desenvolver este importante setor da economia”, afirmou o prefeito Tito Pereira Freitas.

A devolutiva de Capão Alto aconteceu na sede da Agência de Desenvolvimento da Região dos Lagos – Adrel, com todos os protocolos sanitários de distanciamento, uso de álcool e máscara. À tarde foi na Câmara de Vereadores de São José do Cerrito, onde o prefeito José Dirceu da Silva, se comprometeu em nomear uma pessoa para cuidar das ações específicas do turismo.

O vice-prefeito do Cerrito Leonardo Garcia Heinzen adiantou inclusive, que dialogará com o prefeito para anunciar na próxima reunião da Amures semana que vêm, em São Joaquim, o futuro gestor de turismo. Em São José do Cerrito, o diagnóstico revelou atrativos fortes como a abundância de “Casas Subterrâneas”, onde viviam comunidades indígenas, o potencial hídrico dos lagos e o turismo religioso.

Ao todos foram registrados ao menos 34 pontos no Cerrito com filmagens, fotografias, georreferenciamento, indicação de potencialidade e melhorias necessárias para viabilizar o atrativo.  A assessora de turismo da Amures que responde também como diretora executiva do Conselho de Turismo da Serra Catarinense – Conserra Ana Vieira, explicou como foi executado cada passo do levantamento.

“Nos próximos dias, esses municípios receberão o Plano Municipal de Desenvolvimento Turístico que somado à esta devolutiva, os tornará apto à formação de planos de trabalho e ações que impactem diretamente no turismo e na vida destas comunidades”, frisou Ana Vieira.

Em cada devolutiva foi apresentado vídeo sobre o turismo local e entregue ao prefeito um Pen Drive com todo material produzido pela equipe da Amures. A próxima devolutiva será em Campo Belo do Sul, em data a ser definida.

Fonte:Amures

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!