Empossados os novos conselheiros municipais de saúde de Lages

O Conselho Municipal de Saúde é composto por 28 cadeiras, entre titulares e suplentes. Entre suas funções está o incentivo às políticas públicas de saúde no município e deliberar sobre as demandas do setor

A partir desta quarta-feira (9 de junho), Lages conta com novos conselheiros municipais de saúde. A cerimônia de posse dos novos membros, com mandato entre 2021/2023, aconteceu nesta manhã no plenário da Câmara de Vereadores de Lages. Haroldo Alves de Lima, que atuou como presidente do Conselho na última gestão passou o cargo para Alex Marcelo Amaral da Silva.

O ato contou com a presença do prefeito Antonio Ceron, do vice Juliano Polese, do secretário de Saúde, que atuou também como presidente da Comissão Eleitoral, Claiton Camargo de Souza e do presidente da Câmara, Gerson Omar dos Santos.

O Conselho Municipal de Saúde é composto por 28 cadeiras, entre titulares e suplentes. Após a posse foi realizada a eleição da diretoria executiva do Conselho, formado por quatro membros. Este ano, por contar com chapa única, a aprovação foi feita por aclamação. Os novos membros da mesa diretora são Alex Marcelo Amaral da Silva (presidente); Elisa Maria Rodrigues Pazinatto (vice-presidente); Bruna Eliane Sviercowski (secretária) e Regina de Souza Martins (tesoureira).

A importância do Conselho na gestão da Saúde

A inclusão direta da população no controle e na elaboração de políticas para a gestão de saúde de um município é uma das premissas da atuação de um Conselho Municipal. Trata-se de um órgão extremamente importante e de ligação direta com o Sistema Único de Saúde (SUS).

Entre suas funções está o incentivo às políticas públicas de saúde no município e deliberar sobre as demandas do setor. “Ficamos muito felizes ao ver pessoas da sociedade, de maneira voluntária, participando de uma ação tão importante. A saúde sempre foi prioridade, e isso se intensifica ainda mais em um momento delicado de pandemia que vivemos. Estamos na luta pela defesa da saúde, cremos na vacina contra o novo coronavírus e acreditamos em um futuro próximo livre da pandemia. Sucesso e comprometimento a todos que assumiram este desafio”, destaca o prefeito Antonio Ceron.

O Conselho é um órgão colegiado de caráter deliberativo e permanente, formado por prestadores de serviço, representantes do governo, profissionais da saúde e também usuários. No Conselho, a representação dos usuários acontece de maneira paritária em relação aos outros membros. “Que possamos ter um Conselho ativo e participativo, no momento mais crítico dos últimos anos na área da saúde. Trabalhamos há 1 ano e meio na batalha contra o novo coronavírus e teremos ainda muitos desafios no pós-pandemia. Precisamos valorizar nosso Sistema Único de Saúde e reforçá-lo para prestar um bom atendimento a todos que precisam dele”, acrescenta o secretário Claiton Camargo.

Entre as metas e propostas do novo Conselho Municipal de Saúde de Lages está a capacitação dos presidentes das Associações de Moradores, levando o órgão para mais perto da comunidade. Também está a organização da décima Conferência Municipal de Saúde de Lages, que será o primeiro grande evento desta gestão. “Vamos trabalhar em conjunto e dar nosso melhor para cumprir todas as demandas e representar a sociedade de maneira satisfatória”, declara o novo presidente, Alex Amaral.

Texto: Aline Tives/Fotos: Toninho Vieira/PML

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!