Carmen pede prioridade para vacinação de adolescentes com deficiências, doenças raras e comorbidades

A parlamentar solicita que seja imunizada contra Covid-19 a faixa etária de 12 a 17 anos

A deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) apresentou nesta semana, requerimento de indicação ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, em que solicita a inclusão de pessoas com doenças raras e com deficiência, na faixa etária de 12 a 17 anos, nos grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra a Covid-19. A parlamentar pede que as pessoas com comorbidades da mesma faixa etária também possam ser incluídas no grupo prioritário definido pelo Ministério da Saúde.

Na justificativa, a deputada destacou a vulnerabilidade do segmento social na crise sanitária provocada pela pandemia do coronavírus. “É importante ressaltar a angústia dos pais e responsáveis dessas pessoas. Eles precisam trabalhar para sustentar a família, mas voltam para casa com medo de contaminar seus entes queridos”, revelou a relatora da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19.

Autorização da Anvisa

De acordo com o documento (REQ. 201/2021), a inclusão deste segmento social no grupo prioritário deverá acontecer após o aval da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) ao pedido da farmacêutica Pfizer para incluir adolescentes a partir de 12 anos na bula da vacina contra a Covid-19.

Foto: Pablo Valadares/Câmara dos Deputados/Gabinete Carmen Zanotto

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!