Carmen pede inclusão de lactantes e jovens com comorbidades no grupo prioritário da vacinação, em audiência com ministro Queiroga

Em audiência na noite de quarta-feira (16) com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, a deputada federal Carmen Zanotto (Cidadania/SC) pediu a inclusão de pessoas com comorbidades, doenças raras e deficiência, na faixa etária de 12 a 17 anos de idade, nos grupos prioritários do Plano Nacional de Imunização (PNI) contra Covid-19.

“Explicamos ao ministro a vulnerabilidade desse grupo social, diante do alto grau de contaminação do vírus, além do fato de existir uma autorização da Anvisa para que a empresa farmacêutica  Pfizer inclua adolescentes a partir de 12 anos de idade na bula da vacina contra a Covid-19”, afirmou Carmen, que é relatora da Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19.

Um requerimento da deputada com essa indicação ao ministro Queiroga foi aprovado na na Comissão de Seguridade Social O benefício também foi estendido aos cuidadores não profissionais.

Junto com outros parlamentares presentes na audiência, Carmen também pediu a realização da inclusão de grávidas e lactantes, com ou sem comorbidades, no grupo prioritário do PNI contra a Covid-19.

“O ministro foi sensível às nossas solicitações e informou que a equipe técnica do Ministério da Saúde irá fazer os estudos para a inclusão das grávidas e lactantes ao grupo prioritário da vacinação”, destaca a parlamentar.

Foto: Divulgação/Gabinete Carmen Zanotto

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!