Com o voto de Carmen, plenário aprova prioridade de vacinação para gestantes e lactantes

 A deputada Carmen Zanotto (Cidadania-SC) elogiou nesta quinta-feira (08) aprovação pelo plenário da Câmara, por votação simbólica, do Projeto de Lei 2112/21 que determina a inclusão de gestantes, puérperas e lactantes no quadro de grupos prioritários do Plano Nacional de Imunizações (PNI). O texto será encaminhado à sanção presidencial.
Em pronunciamento da tribuna, a parlamentar do Cidadania destacou a inclusão na proposta de crianças e adolescentes com deficiência permanente ou com comorbidades e adolescentes privados de liberdade, no grupo dos brasileiros que terão prioridade para receber vacina. 
A parlamentar é autora de indicações enviadas ao ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, que tratam da mesma iniciativa que foi aprovada pelo Parlamento. 
“Se houvesse uma quantidade de doses suficientes para imunizar toda a população, não precisaríamos aprovar esta proposta. Como enfermeira, ex-secretária de Saúde e defensora do SUS, defendo o Plano de Imunizações, mas é necessário proteger as gestantes, lactantes e pessoas com deficiência e com doenças impactantes contra este vírus, com vacinas eficientes e que tenham aprovação do órgão de regulação”, afirmou a deputada Carmen.
Atualmente, a vacina da Pfizer/BioNTech é a única liberada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para aplicação em adolescentes com mais de 12 anos.

Achou essa matéria interessante? Compartilhe!